Descoberta de tratamento alternativo à insulina pode reduzir custos a pacientes

Segundo a Federação Internacional do Diabetes, 450 milhões de pessoas no mundo convivem com o diabetes. Para 2045 a previsão da entidade é que o número de pessoas com a doença cresça 53%. Só o Brasil possui mais de 13 milhões de habitantes com a doença, apontam dados da Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD). Além disso, o preço da insulina mais que triplicou nos últimos dez anos, dificultando o acesso ao tratamento. Entretanto, uma descoberta realizada por pesquisadores em conjunto com a Alltech Life Sciences, departamento da Alltech Inc. que desenvolve pesquisas voltadas à saúde humana, oferece uma nova alternativa para quem tem esta doença crônica.

Os resultados de 12 anos de pesquisa científica foram recentemente publicados na revista científica Cellular and Molecular Life Science. O artigo detalha o desenvolvimento de um novo tratamento para diabetes tipo 1 e 2 por meio do componente chamado NPC43, efetivo quando ingerido ou injetado. O NPC43 funciona reativando receptores de insulina dormentes, permitindo sua entrada nas células. Além disso, ele age inibindo a produção de glicose pelo fígado diabético – uma condição associada à resistência à insulina que piora o problema do excesso de glicose na corrente sanguínea.

“Imagine que a insulina é a chave e o receptor de insulina é a fechadura  que permite a glicose entrar nas células”, exemplifica o cientista-chefe na Alltech, Ronan Power. “Diabetes do tipo 1 não produz chaves e a do tipo 2, apesar de produzir, possui fechaduras quebradas. O resultado para ambos os tipos é que a porta para entrada da glicose permanece fechada. O que descobrimos é uma maneira de abrir a fechadura sem a chave e mesmo se ela estiver quebrada”, explica o especialista. 

Para o cientista sênior da Alltech Life Sciences, Zu-Jian Lan, o composto tem potencial revolucionário. “O fato do  NPC43 funcionar quando administrado oralmente pode significar a eliminação das injeções, canetas e bombinhas, fornecendo uma alternativa financeiramente acessível em relação à insulina”, afirma. As aplicações do NPC43 poderiam se estender, além do diabetes, à qualquer síndrome ou doença associada com a resistência à insulina. Isso poderia incluir a síndrome do ovário policístico, doenças cardiovasculares, obesidade ou doença hepática não alcoólica. 

Sobre a Alltech

Fundada em 1980 pelo empresário e cientista irlandês Dr. Pearse Lyons, a Alltech descobre e entrega soluções para a nutrição sustentável de plantas, animais e pessoas. Com mais de 100 unidades de produção ao redor do mundo, a Alltech é líder em produção e processamento de leveduras e minerais na forma orgânica.

Nosso princípio orientador ACE busca desenvolver soluções que são seguras para os animais, consumidores e também para o meio ambiente. São mais de seis mil colaboradores espalhados pelo mundo que têm o compromisso de para trabalhar todos os dias para nossos consumidores.

A Alltech é uma empresa familiar – o que permite se adaptar rapidamente às novas necessidades do consumidor e a permanecermos focados em inovação de ponta. Sediada em Lexington, Kentucky, nos Estados Unidos, a empresa tem uma presença forte em todas as regiões do mundo. Para mais informações, visite www.alltech.com/news


https://tribunadovale.com.br/


Similar Posts

Topo