Consulta Publica n. 37/2019 para tratamento de Edema Macular Diabético no SUS

É hora de agir! É hora de participarmos da Consulta Publica n. 37  (entenda o que é uma consulta pública aqui) que está aberta até o dia 18 de julho de 2019. Essa Consulta Publica n. 37 visa avaliar junto à população se deve ser incluído no Sus um medicamento para tratar o Edema Macular Diabético (EMD), que acomete as pessoas que têm diabetes. O medicamento que está sendo objeto desta consulta publica é o Aflibercepte. Até o momento o Edema Macular Diabético não tem medicamento para tratamento no SUS. Já existem no país medicamentos para tratar o EMD, mas eles não estão disponíveis no SUS. Cerca de 70% da população brasileira depende do atendimento feito pelo SUS.

O Edema Macular Diabético (EMD) é uma das principais complicações do diabetes. Ele afeta os vasos sanguíneos do olho, principalmente na área da retina, e pode levar à cegueira se não for tratado. A introdução de um medicamento para o Edema Macular Diabético no SUS vai trazer um grande impacto na qualidade de vida dos que são acometidos por essa doença.

#PraCegoVer imagem de uma mulher sorrindo e digitando em um computador. Está escrito: "É hora de agir!"! e há a logo da Retina Brasil.

Como sempre, a Retina Brasil, associação formada por pessoas com doenças na retina, defende o fortalecimento contínuo e sem retrocessos do Sistema Único de Saúde (SUS). Por isso, estamos aqui para divulgar a Consulta Publica 37/2019 da CONITEC , que foi feita a partir de uma solicitação para que o Ministério da Saúde, através da CONITEC, incluísse no SUS o medicamento Aflibercept para tratar o Edema Macular Diabético. A CONITEC deu parecer desfavorável a essa inclusão do medicamento, alegando o alto custo, a despeito de sua eficácia para tratar o EMD.

POSIÇÃO DA RETINA BRASIL

A Retina Brasil discorda da recomendação preliminar da CONITEC, que não foi favorável à proposta de incorporação do Aflibercepte no tratamento do Edema Macular Diabético no SUS. Entende que é de suma importância a inclusão no SUS dos medicamentos existentes para o tratamento do Edema Macular Diabético para se evitar a perda irreversível da visão, causada por essa doença. O EMD é uma doença grave, incapacitante e por isso devem ser dadas ao médico e ao paciente atendido pelo SUS o maior número possível de opões seguras e eficazes para seu tratamento.

A IMPORTÂNCIA DE SUA PARTICIPAÇÃO

Toda a sociedade deve participar desta Consulta Pública, em especial aqueles que convivem com o Edema Macular Diabético ou tem diabetes. A Retina Brasil incentiva você a participar, para modificar essa decisão da CONITEC, contestando essa decisão através desta Consulta Pública n. 37. Ainda que você não faça uso desse medicamento, defender a sua incorporação ao SUS é de extrema importância, considerando a inexistência de tratamento do EMD no SUS até o momento.

A Consulta Pública é uma forma do governo ouvir a sociedade visando o fortalecimento do SUS. Por isso todos podem e devem participar.

# JuntosSomosMaisFortes

Participe e compartilhe esta Consulta Publica n. 37 com o maior número de pessoas.
Não se esqueça que a data limite de sua participação é o dia 18 de julho

COMO PARTICIPAR

Participar é muito simples e leva apenas três minutos.  A consulta pública está no link http://formsus.datasus.gov.br/site/formulario.php?id_aplicacao=48355 e fica aberta até 18/07/2019 – estamos na reta final.

Outro link da Consulta Publica n. 37/2019 é http://conitec.gov.br/consultas-publicas

Você é profissional da saúde e tem uma opinião sobre o tema?
Participe aqui: http://formsus.datasus.gov.br/site/formulario.php?id_aplicacao=48354

Você tem Edema Macular Diabético ou quer dar a sua opinião a respeito da inclusão?
Participe aqui: http://formsus.datasus.gov.br/site/formulario.php?id_aplicacao=48355



Similar Posts

Topo