Nova bandagem reduz número de amputações no caso de úlceras diabéticas

O Instituto Nacional de Saúde e Excelência em Cuidados do Reino Unido (NICE) publicou novas orientações recomendando curativos para feridas UrgoStart (Urgo Medical) para o tratamento de úlceras do pé diabético e úlceras venosas da perna. Em um comunicado de imprensa, a Urgo Medical afirma que o uso do curativo pode evitar mais de 3.000 amputações relacionadas à diabetes. 

A conclusão da orientação da tecnologia médica NICE é que a UrgoStart está associada ao aumento da cicatrização de feridas em comparação com curativos não interativos e pode resultar em menos amputações relacionadas à úlcera. O comitê reconheceu que o tratamento também está associado a economias significativas de custo para o Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido (NHS) e melhorou a qualidade de vida dos pacientes.

Graham Bowen, líder clínico do Podiatry, Solent NHS Trust, e presidente do Foot in Diabetes UK disse:  Esta é uma tremenda notícia. As úlceras do pé relacionadas ao diabetes são extremamente debilitantes e podem afetar todos os aspectos da vida da pessoa. O UrgoStart pode reduzir significativamente o tempo de cicatrização das úlceras nos pés e terá um impacto significativo em milhares de pacientes que vivem com essa condição. Como sabemos, mais de 90% de todas as amputações relacionadas ao diabetes são precedidas por uma única úlcera no pé, portanto, acelerar o processo de cura pode ajudar a evitar muitas amputações desnecessárias. A orientação do NICE mostra que a UrgoStart pode ter um grande impacto nos resultados clínicos e reduz os custos para o NHS, o que é uma boa notícia para os pacientes e profissionais de saúde”.

O comitê de orientação do NICE reconheceu os robustos estudos clínicos que “mostraram um aumento na taxa de cicatrização precoce de feridas com UrgoStart em pacientes com úlceras venosas em comparação com o tratamento padrão”.

O UrgoStart é um curativo colóide lipídico (tipo hidrocelular) com Matriz de Cura TLC-NOSF aderente (NOSF impregnado em uma matriz de cura TLC).

O UrgoStart (TLC-NOSF) é o único tratamento local comprovadamente capaz de reduzir o tempo de cicatrização. TLC-NOSF atua localmente na ferida nos dois fatores principais que prejudicam a cicatrização de feridas. Inibe o excesso de Mettaloproteinases da Matriz (MMPs), que em excesso destroem os componentes da matriz extracelular; e promove a angiogênese através da migração e proliferação de células endoteliais, para fornecer oxigênio e nutrientes à ferida.

A empresa afirma que a decisão do NICE significa que milhares de pessoas com úlceras venosas na perna e úlceras do pé diabético poderiam se beneficiar desse tratamento único.

A qualquer momento 115.000 pessoas no Reino Unido desenvolvem uma úlcera no pé diabético, e 278.000 pessoas são tratadas por úlceras venosas da perna a cada ano. Úlceras nas pernas e úlceras do pé diabético levam em média 200 dias para cicatrizar.

Se metade das pessoas com úlcera venosa na perna fossem tratadas com o UrgoStart, haveria uma economia anual de 75 milhões de libras para o NHS. Se metade das pessoas com úlcera no pé diabético fossem tratadas com UrgoStart, o NHS poderia economizar £ 19,6 milhões por ano.


https://venousnews.com/

PS do Editor TiaBeth: O Fabricante do produto possui representante no Brasil. Link a seguir: http://urgomedical.com.br/


Similar Posts

Deixe uma resposta

Topo