Saliva Biosensor – medidor de glicose não invasivo que usa a saliva

O iQ Group Global, um consórcio de empresas de serviços de ciências da vida e financeiras que abrange a cadeia de valor biofarmacêutico desde a descoberta de ativos até a comercialização, introduziu o Biosensor de Glicose Saliva. Com tecnologia inovadora é o primeiro teste de glicose não invasivo e baseado em saliva do mundo para o controle do diabetes que mede a glicose na saliva em vez de utilizar o sangue. O teste de glicose à base de saliva está sendo desenvolvido para melhorar a qualidade de vida de mais de 425 milhões de pessoas que vivem com diabetes em todo o mundo.

O biossensor de glicose de saliva compreende a unidade de biossensor de glicose e um aplicativo de saúde digital. A Unidade do Biossensor de Glicose é uma tira pequena e descartável que, quando exposta à saliva de um indivíduo, fornece instantaneamente uma medição de glicose. A medição de glicose será apresentada em tempo real, por meio de um aplicativo digital proprietário no dispositivo inteligente de um paciente. O biossensor de glicose da saliva foi inventado pelo professor Paul Dastoor e sua equipe no Centro de Eletrônica Orgânica da Universidade de Newcastle, na Austrália. O iQ Group Global adquiriu a tecnologia de biossensores em 2016 e acelerou seu desenvolvimento para aplicações de diagnóstico.

Dr. George Syrmalis, diretor executivo e presidente do The iQ Group Global disse: “A diabetes é uma epidemia global, com um em cada 11 adultos vivendo com a doença. Alcançar normoglicemia é um dos principais alvos para pacientes com diabetes. No entanto, o teste com picada no dedo é um processo doloroso e frustrante, com muitos citando a dor como a principal razão para a baixa adesão aos protocolos de teste. Ao erradicar a necessidade de testes de sangue com picada no dedo, o teste à base de saliva levará ao aumento da monitoração da glicose e melhores resultados de cuidados de saúde entre esses pacientes”.

A unidade do biossensor da glicose

A principal inovação científica do biossensor está na arquitetura de transistor de película fina orgânica modificada, protegida por patente, incorporando a Glucose Oxidase (GOX) como elemento de reconhecimento para iniciar uma reação eletroquímica que produz um sinal elétrico. Este sinal pode ser exibido no dispositivo inteligente do paciente em tempo real. O biossensor exibe alta sensibilidade, portanto, sendo capaz de detectar níveis de glicose ainda consideravelmente mais baixos do que no sangue. Ele tem uma capacidade linear de detecção de glicose em concentrações 100 vezes menores do que as atuais metodologias de medição de sangue.

App Digital Healthcare

A medição de glicose registrada pelo biossensor será apresentada através do aplicativo digital proprietário no smartphone do paciente em tempo real, onde também poderão comparar os níveis históricos de glicose. Isso abrirá oportunidades significativas para melhorar a maneira como o diabetes é monitorado e gerenciado, permitindo que os pacientes armazenem e analisem seus dados, compartilhem dados de monitoramento com sua equipe de saúde ou parentes, criem e enviem lembretes automatizados quando chegar o momento de testar os níveis de glicose, oferecer serviços educacionais e atuar como um provedor para empresas de saúde que oferecem programas de apoio ao paciente.

Aplicações médicas futuras

O iQ Group Global está trabalhando atualmente em um programa piloto de pesquisa e desenvolvimento com a Universidade de Newcastle para expandir além do teste de diagnóstico de glicose salivar e desenvolver a plataforma de Testes de Diagnóstico de Pontos de Cuidados, começando com marcadores tumorais, hormônios e doenças transmissíveis.


https://www.ecnmag.com/


Similar Posts

Topo