Diabetes tipo 2 antes dos 40 anos, piora saúde mental

Pessoas que desenvolvem diabetes tipo 2 antes de completar 40 anos são duas vezes mais propensas a serem hospitalizadas por  doença mental,  comparando-se com aqueles que desenvolvem a doença de açúcar no sangue após 40 anos, um novo estudo mostra.

Cerca de 37 por cento de todos os dias de internação no grupo abaixo de 40 foram devido a doença mental, notaram os pesquisadores. Humor e transtornos psicóticos foram as condições mais comuns. Transtornos do humor incluem depressão, depressão bipolar e autoagressão. Os transtornos psicóticos incluem delírios , alucinações e esquizofrenia, de acordo com o Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA.

Não é de surpreender que as condições físicas também levassem esse grupo ao hospital com mais frequência. O estudo mostrou taxas de doença renal que eram quase sete vezes maiores em pessoas mais jovens com diabetes tipo 2. O risco de hospitalização por doença cardíaca ou acidente vascular cerebral foi duas vezes maior, e o risco de hospitalização por infecção quase dobrou no grupo de início precoce.

Os autores do estudo suspeitam que há uma série de razões pelas quais o grupo mais jovem com diabetes tipo 2 está em maior risco de hospitalizações por doenças mentais e físicas.

“O início precoce da doença, a longa duração da doença, o controle deficiente dos fatores de risco (em parte devido à intensificação tardia do tratamento) e autocuidado abaixo do ideal são alguns dos fatores que contribuem para esse alto risco de hospitalização no diabetes juvenil”, explicou a co-autora do estudo Dra. Juliana Chan.

Ela disse que o fardo psicológico que vem com o controle do diabetes pode ativar os hormônios do estresse, o que pode piorar o controle do açúcar no sangue, aumentar a obesidade e causar inflamação.

Inflamação pode afetar o sistema nervoso central e pode “piorar o bem-estar psicológico”, disse Chan, que é diretora do Instituto de Diabetes e Obesidade de Hong Kong da Universidade Chinesa de Hong Kong e do Hospital Prince of Wales.

Chan disse que há uma conexão conhecida entre diabetes e depressão. Mas não está claro qual condição vem primeiro. Também é possível que as condições contribuam umas para as outras.

O Dr. Joel Zonszein, diretor do centro clínico de diabetes no Montefiore Medical Center, em Nova York, disse que este estudo é “um alerta. O que está acontecendo em Hong Kong é o que vai acontecer neste país”.

Zonszein acrescentou que “o diabetes tipo 2 está se tornando mais prevalente em pessoas mais jovens, e é mais agressivo e mais difícil de tratar do que no passado. Costumava ser extremamente raro ver diabetes em alguém com menos de 65 anos”.

Diabetes tipo 2 é uma condição que provoca níveis elevados de açúcar no sangue. Se não tratada, o alto nível de açúcar no sangue pode levar a uma série de complicações, como doenças cardíacas, doenças renais, infecções e problemas de visão, de acordo com os Centros dos EUA para Controle e Prevenção de Doenças. Dois dos principais fatores de risco para a doença são obesidade e não receber atividade física suficiente.

Para o novo estudo, Chan e seus colegas analisaram informações sobre saúde em mais de 400 mil pessoas com diabetes tipo 2 em Hong Kong.  Quase 21.000 foram diagnosticados com diabetes tipo 2 antes dos 40 anos. Pouco mais de 200.000 foram diagnosticados entre 40 e 59 anos, e pouco menos de 200.000 foram diagnosticados aos 60 anos ou mais.

Os pesquisadores descobriram que alguém diagnosticado antes dos 40 anos poderia esperar passar quase 100 dias no hospital com 75 anos de idade.

Um bom controle dos fatores de risco modificáveis ​​foi associado a uma redução para 65 dias estimados no hospital até os 75 anos. Fatores de risco modificáveis ​​são fatores como níveis de açúcar no sangue, colesterol e pressão arterial.

De acordo com Zonszein, “estas são pessoas que estão ficando mais doentes de complicações da diabetes e doença mental em comparação com pessoas que são diagnosticadas com diabetes tipo 2 quando mais velhas. Precisamos manter esses jovens saudáveis”.

Chan explicou que “o diabetes é uma doença complexa e não se trata apenas de medicamentos e acompanhamento médico. O diabetes impõe muitas demandas a uma pessoa que precisa ser educada, capacitada e engajada para mudar seu estilo de vida e aprender como lidar com a doença “.

Ela acrescentou que os médicos, governos, seguradoras e a sociedade precisam trabalhar juntos para ajudar a “apoiar esses indivíduos a tornar a gestão dessa condição vitalícia mais fácil, acessível e sustentável”.

O relatório foi publicado online em 15 de janeiro no Annals of Internal Medicine .

 

https://www.webmd.com/


Similar Posts

One thought on “Diabetes tipo 2 antes dos 40 anos, piora saúde mental

  1. Nice blog. Mental health is the level of psychological well-being. I observed how type 2 diabetes will affect on our mental health. You have discussed symptoms of this disorder. Really this is a very useful blog. Thanks for sharing For getting more information about this disease just click here.

Deixe uma resposta

Topo