No Reino Unido, adolescente recebe primeiro pâncreas artificial comercial

Laura Dunion de amarelo, aos 16 anos de idade

O primeiro produto de ‘pâncreas artificial’ comercializado fora de um ensaio clínico no Reino Unido foi dado a um jovem em Leeds.

Laura Dunion, 17 anos, da Oulton é a primeira dentre três outras pessoas a receber o novo sistema automatizado de administração de insulina, que, segundo ela, lhe deu mais liberdade para viver sua vida.

sistema de bomba de insulina Medtronic Minimed 670g é uma bomba de insulina autoajustável que oferece o SmartGuard ™.  A Medtronic diz que esta é a única tecnologia que imita o funcionamento de um pâncreas saudável, fornecendo dois novos níveis de fornecimento automatizado de insulina.

O Hospital Infantil de Leeds é o primeiro no país a implementar o sistema desenvolvido para revolucionar os cuidados para pessoas com diabetes tipo 1.

Laura, que foi diagnosticada com a condição crônica auto-imune com oito anos, foi forçada a monitorar constantemente seus níveis de açúcar no sangue e injetar ou bombear insulina até seis vezes por dia.

Agora ela tem uma bomba de insulina ligada a um tubo no estômago e um sensor colocado em sua pele, que tem um transmissor bluetooth e detecta automaticamente quando a insulina é necessária e a fornece. Laura agora pode monitorar seus níveis de açúcar no sangue com o toque de um botão.

Falando ao Yorkshire Evening Post, ela disse: “Esta é a melhor tecnologia que temos desde que fui diagnosticada. Isso me fez mais independente e me fez sentir mais normal. “Isso significa menos verificações de açúcar no sangue. Eu não tenho que gastar tanto tempo checando e me preocupando com isso.

A doutora Fiona Campbell, consultora em diabetes infantil no Hospital Infantil de Leeds, disse: “Acho que isso fará com que os jovens fiquem menos estressados ​​com o diabetes tipo 1 e se concentrem mais no que estão fazendo na vida”.

“Para mim, trata-se de ajudar os jovens a viver uma vida plena e ativa, minimizando o ônus de monitorar o diabetes. No futuro, nossa ambição é que todos os jovens com diabetes tipo 1 tenham acesso a esse equipamento se acharem que se beneficiariam”.

“Estamos tentando melhorar os resultados a longo prazo e, se conseguirmos estabilizar os níveis de glicose, temos a oportunidade de minimizar o risco de desenvolver as complicações devastadoras da cegueira, amputações, insuficiência renal e morte prematura por doença cardiovascular”.

A mãe de Laura, Lynn Dunion, disse que a tecnologia também mudou sua vida também.

A mulher de 46 anos disse: “Agora posso dormir sabendo que ela está em segurança durante a noite. Isso é uma mudança de vida para mim e para seu pai. É um enorme medo para os pais que as crianças tenham um episódio de hipoglicemia durante a noite devido aos baixos níveis de açúcar no sangue. Este sistema também administra insulina adicional, conforme necessário, para manter os níveis de glicose no sangue dentro de uma faixa normal, prevenindo graves complicações de saúde no longo prazo ”.

 

https://diabetestimes.co.uk/


Similar Posts

Topo