ADJ Diabetes Brasil e Associação dos Diabéticos do Estado do Pará promovem campanha de prevenção do diabetes no Boulevard Shopping Belém

Com cerca de 16 milhões de pessoas com diabetes, 106.600 mortes por ano, segundo dados da Organização Mundial da Saúde, o Brasil é o quarto país em número de pessoas com diabetes no mundo. De acordo com dados da Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), publicada este ano, o percentual de mulheres de Belém que apresentaram diagnóstico médico de diabetes aumentou 33,3%, entre os anos de 2006 e 2017.

Para sensibilizar o maior número de pessoas a realizarem o teste de glicemia e a prevenirem as complicações, a ADJ Diabetes Brasil com a Associação dos Diabéticos do Estado do Pará (ADEPA) promoverão algumas iniciativas, entre elas uma campanha de prevenção e estímulo ao diagnóstico precoce do diabetes tipo 2, no Boulevard Shopping Belém, nos dias 1 e 3 de novembro, das 10h às 22h.

Se as pessoas apresentarem resultados alterados da glicemia, acima de 99mg/dL (jejum) e de 140mg/dL (2 horas após refeição ou aleatório) serão encaminhadas para o balcão de orientação no próprio evento e recebem informações básicas sobre o diabetes e orientadas a procurar um serviço de saúde.

As ações este ano estão alinhadas com a temática da Federação Internacional de Diabetes: Família e Diabetes. Nele, o tema ressalta que o diagnóstico do diabetes costuma se apresentar de forma bastante impactante na vida da pessoa com diabetes e de toda família. É justamente nesta fase que se abrem ótimas possibilidades para a família repensar seu estilo de viver, rumo à busca de uma vida mais saudável para todos.

A família desempenha um papel fundamental no processo de aceitação do diabetes e este não deve ser motivo de desestruturação familiar, pelo contrário, pode ser decisivo na escolha de uma vida mais saudável para todos. Mas é preciso achar o ponto de equilíbrio entre amor e limites, e assim colaborar para o desenvolvimento do senso de responsabilidade frente ao tratamento, facilitando o processo de independência inerente a todo ser humano.

As ações terão envolvimento da equipe de colaboradores da ADJ e da ADEPA. O intuito é promover aumento da consciência do diabetes, para que as pessoas se atentem à causa e possam prevenir a condição como também possíveis complicações de quem ainda não foi diagnosticado, ou se a condição já é pré-existente, alertar sobre os riscos de um mau controle do diabetes.

Para a realização destas ações, a ADJ Diabetes Brasil e a ADEPA contam com o apoio da Astrazeneca, Novo Nordisk, Novartis e Servier.

Mais informações podem ser acessadas no www.adj.org.br

Sobre o Dia Mundial

O Dia Mundial do Diabetes foi criado em 1991 pela International Diabetes Federation (IDF) em parceria com a Organização Mundial da Saúde (OMS), em resposta ao aumento do interesse em torno do diabetes no mundo. Celebrado em 14 de novembro, é visto como a maior iniciativa mundial em torno do diabetes. A data foi escolhida devido ao nascimento do cientista canadense Frederick Bantin que, em parceria com Charles Best, foi responsável pela descoberta da insulina, em outubro de 1921. Dois anos mais tarde, Banting recebia o Prêmio Nobel de Medicina por esta descoberta e pela aplicação da insulina no tratamento das pessoas com diabetes.

O símbolo do Dia Mundial do Diabetes é um circulo azul que simboliza a união. A IDF buscou um formato simples para facilitar a reprodução e o uso para as pessoas que quisessem dar apoio à campanha. Esta data também é marcada com a iluminação em todo o mundo de monumentos e construções de destaque na mesma cor. O azul representa o céu e é a mesma cor da bandeira das Nações Unidas, que simboliza também a união entre os países. Neste dia, é estimulado o uso de roupas na cor azul, cor símbolo da campanha.

Sobre a ADJ Diabetes Brasil

Fundada em 10 de março de 1980, a ADJ Diabetes Brasil é uma entidade não governamental, sem fins lucrativos, legalmente registrada no Registro Civil de Pessoas Jurídicas. Seu objetivo é promover educação nesse campo para pessoas com diabetes, familiares, profissionais de saúde e comunidade.

Atende gratuitamente as pessoas com todos os tipos de diabetes, de qualquer faixa etária e classe socioeconômica. Oferece um trabalho integrado realizado por uma equipe multidisciplinar.

 


Similar Posts

Deixe uma resposta

Topo