Ervas eficazes na gestão do diabetes

Photo by Nathan Dumlao on Unsplash

Existem diferentes maneiras de se preparar produtos à base de ervas. Uma das formas é fermentar e ferver a erva com água a uma temperatura desejada e deixá-la repousar. Podemos despejar água quente na erva dentro de uma xícara. Este método, também conhecido como infusão, permite que a água quente extraia o produto químico da erva. O produto final deste método de preparo, é chamado chá hoje em dia. O nome chá era usado para se referir àqueles produtos à base de plantas que eram obtidos da planta conhecida como Camellia sinensis.

Hoje, todo produto herbóreo produzido assim é conhecido como chá. Acho isso muito interessante e benéfico, especialmente se pudermos fazer do chá parte de nosso estilo de vida. É comum pessoas se acostumarem a tomar chá de 2 a 5 vezes por dia. Os chás de ervas e seus componentes podem ser introduzidos e potencializar o efeito de alguns medicamentos. À luz disso que escrevo sobre chás de ervas e seus efeitos sobre o diabetes mellitus tipo 2.

A seguir as ervas que são eficazes na gestão da diabetes.

1. Chá de canela

Existem fitoquímicos naturais na canela que têm propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias. Juntamente com certas enzimas hepáticas, essas substâncias químicas na canela são capazes de suprimir a atividade dos genes que suportam o estresse oxidativo e a inflamação. Estas são condições que apoiam o desenvolvimento do diabetes.

Os fitoquímicos da canela também ajudam a melhorar e regular o nível de açúcar no sangue e aumentam a sensibilidade à insulina. Não só isso, canela reduz o nível de colesterol no sangue, reduz a pressão arterial e, finalmente, melhora a síndrome X. É importante notar que o aroma doce de canela torna convidativo e fácil de beber como chá.

2. Camomila

O consumo regular de chá de camomila foi provado ser eficaz em melhorar a resistência à insulina, diminuindo o colesterol LDL (mau), colesterol total e triglicerídeos. Mais importante, descobriu-se que a camomila exerce um efeito positivo sobre o controle glicêmico em diabéticos. Na verdade, consumir chá de camomila 3 vezes ao dia, após as refeições por um período de 8 semanas, será tempo o suficiente para ver os efeitos positivos do chá.

3. Chá de hibisco

Isso vem da flor da planta que leva o mesmo nome. Também é conhecido como chá azedo. O chá de hibisco ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue e insulina em diabéticos. Também ajuda o corpo a usar o açúcar de forma mais eficaz. Também tem um efeito positivo na resistência à insulina e ajuda a aumentar o colesterol HDL (bom). A hipertensão arterial é uma complicação comum entre os diabéticos e o chá de hibisco foi encontrado para ser eficaz na redução da pressão arterial em pacientes com diabetes tipo 2.

4. Chá de capim limão

Este é um chá delicioso com muitas propriedades antioxidantes. Com essas propriedades, o chá de capim-limão protege as células que revestem os vasos sanguíneos (células endoteliais) dos danos causados ​​pelo estresse oxidativo. Essas células são propensas a danos em pessoas com diabetes. Esta ação entra em jogo quando se tenta evitar tais complicações que acompanham o diabetes.

Outros chás de ervas que foram considerados úteis no controle do diabetes incluem:

  • chá de hortelã
  • chá de alcaçuz
  • chá mate
  • feno-grego
  • cúrcuma
  • cravo
  • chá de mirtilo
  • chá de gengibre

 

https://guardian.ng/


Similar Posts

Topo