Metformina para Diabetes Tipo 1

Pacientes com diabetes tipo 1 precisam monitorar constantemente os níveis de glicose no sangue. Diabetes tipo 1 ocorre devido à destruição de células que produzem insulina no corpo do paciente. A insulina, por sua vez, é o hormônio responsável pela regulação da glicose. Os pacientes precisam receber injeções regulares de insulina para compensar a quantidade reduzida de insulina produzida em seu corpo.

Há relatos de que injeções de insulina causaram uma série de complicações em alguns pacientes com diabetes tipo 1. Duas complicações preocupantes incluem ganho de peso e hipoglicemia (níveis de glicose abaixo do normal). A resistência à insulina também pode se desenvolver, o que impede o organismo de aceitar e utilizar a insulina injetada. Por isso, são necessárias melhorias adicionais ao protocolo de tratamento do paciente.

A metformina é um agente oral que trabalha para reduzir a hiperglicemia (o aumento dos níveis de glicose no sangue). É normalmente prescrito para o tratamento da diabetes tipo 2, pois aumenta a sensibilidade à insulina no organismo e melhora a atividade da insulina. Embora a metformina tenha provado reduzir as complicações do diabetes tipo 2, seu efeito em pacientes com diabetes tipo 1 ainda está sob investigação científica.

Vantagens da metformina na terapia com insulina para diabetes tipo 1

Os pesquisadores estão atualmente investigando o efeito da adição de metformina à dose de insulina administrada a pacientes com diabetes tipo 1. Os estudos revelaram que, ao longo de um ano, a inclusão da metformina no tratamento do diabetes tipo 1 pode ajudar a reduzir os níveis médios de glicose no sangue. Isso reduz a dose de insulina necessária.

Também contribuiu para a redução de peso, que é um resultado desejável para pacientes com diabetes tipo 1, além de limitar a progressão da aterosclerose e controlar os níveis de colesterol LDL. Isto significa que a introdução de metformina contribui para reduzir os riscos a longo prazo das doenças cardiovasculares.

Estudos também concluíram que essa abordagem pode ajudar a melhorar a expectativa de vida de pacientes com diabetes tipo 1.

Referências

 

https://www.redorbit.com/


Similar Posts

Topo