Dia do Idoso: cuidados com o diabetes refletem na saúde do coração

Sete em cada dez idosos com diabetes morrerão de doenças cardiovasculares¹, por isso o tratamento adequado é importante para reverter esse cenário

Um estudo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) estima que o número de idosos chegará a 41,5 milhões em 20302, representando 18% da população brasileira3. O aumento da população idosa no País também faz crescer as preocupações relacionadas aos cuidados com a saúde, especialmente para doenças crônicas como o diabetes. Segundo a Federação Internacional do Diabetes (IDF, na sigla em inglês), até 31,7% dos casos de doenças cardiovasculares atingem pacientes com diabetes entre 51 e 69 anos de idade4. Por isso, no Dia do Idoso, comemorado em 1º de outubro, lembramos a importância dos cuidados com o diabetes e o coração.

Pensando no crescimento da população acima de 60 anos, o Ministério da Saúde lançou em 2017 a Estratégia Nacional para o Envelhecimento Saudável, que visa orientar os profissionais de saúde no atendimento à essa população5. Um dos objetivos desse plano é evitar o avanço das doenças crônicas como o diabetes e a hipertensão5.

Considerado uma epidemia global pela Organização Mundial de Saúde (OMS)6, o diabetes tipo 2 atinge cerca de 425 milhões de pessoas no mundo, sendo 14 milhões somente no Brasil7,8. Entre a população idosa, o diabetes está presente em 25,1% das pessoas entre 60 e 69 anos, e em 26,9%, a partir dos 70 anos5. Além disso, idosos com diabetes tipo 2 tem o risco de morte em decorrência de doenças cardiovasculares aumentado de 3 a 4 vezes9.

Apesar de ser facilmente diagnosticado por meio de um exame de sangue, cerca de 50% dos pacientes não sabem que são diabéticos7. O endocrinologista Saulo Cavalcanti explica que o desconhecimento sobre a doença, e suas consequências, é preocupante. “As pessoas comumente associam o diabetes com complicações como amputação, disfunção erétil e perda de visão, mas desconhecem a relação com as doenças cardiovasculares, que são responsáveis por até 80% das mortes dos pacientes diabéticos10“, explica o especialista.

Mesmo alarmante, o cenário pode ser amenizado ou melhorado com prevenção, diagnóstico e tratamentos corretos. “Atualmente, já existem opções terapêuticas para o tratamento do diabetes tipo 2 capazes de reduzir, comprovadamente, em até 38% a mortalidade cardiovascular11,12,13“, afirma o Dr. Saulo.

Pensando nisso, a Boehringer Ingelheim se aliou a ONGs, sociedades médicas e laboratórios na campanha “Para Sobreviver”, que tem como objetivo alertar a população para a importância dos cuidados com o coração no paciente idoso com diabetes tipo 2. Para saber mais sobre a campanha acesse www.movimentoparasobreviver.com.br.

Sobre a Boehringer Ingelheim

A Boehringer Ingelheim é uma das 20 principais farmacêuticas do mundo e possui cerca de 50.000 funcionários globalmente. Atua há mais de 130 anos para trazer soluções inovadoras em suas três áreas de negócios: saúde humana, saúde animal e fabricação de biofármacos. Em 2017, obteve vendas líquidas de cerca de € 18.1 bilhões e os investimentos em pesquisa e desenvolvimento corresponderam a 17% do faturamento líquido (mais de € 3 bilhões). No Brasil há mais de 60 anos, a Boehringer Ingelheim possui escritórios em São Paulo e Campinas, e fábricas em Itapecerica da Serra e Paulínia. A empresa recebeu, em 2018, pelo segundo ano consecutivo, a certificação Top Employers, que a elege como uma das melhores empregadoras do mundo por seu diferencial nas iniciativas de recursos humanos.  Para mais informações, visite www.boehringer-ingelheim.com.br e www.facebook.com/BoehringerIngelheimBrasil.

 Sobre a Eli Lilly and Company

A Lilly é uma organização global líder na área da saúde que une cuidado e descoberta para melhorar a vida para as pessoas ao redor do mundo. Foi fundada há mais de um século por um homem compromissado com a criação de medicamentos de alta qualidade que são essenciais e hoje permanece sendo guiada por essa missão em tudo o que faz. Ao redor do mundo, funcionários Lilly trabalham para inovar e entregar medicamentos que mudem a vida daqueles que precisam, melhorando o entendimento e o tratamento de doenças, e servindo a comunidades com voluntariado e filantropia. Para saber mais sobre a Lilly, acesse www.lilly.com.br.

 Referências


Similar Posts

Topo