Comer devagar evita vários problemas

Não mastigar direito causa sobrepeso e até diabetes

Quando nossas mães e avós chamavam a atenção para os riscos de comer muito depressa, não estavam exagerando. Aumento de peso e má digestão são apenas dois dos problemas relacionados a esse hábito, muito comum na “correria” dos dias de hoje. Diabetes e, até mesmo, doenças cardiovasculares podem surgir devido à mastigação inadequada dos alimentos.

De acordo com a nutricionista Gabriela Simões, da clínica Bio Estética, de Belo Horizonte (MG), saber ingerir de forma adequada as refeições é um fator fundamental para uma boa digestão e a pressa pode acarretar em problemas de saúde até a longo prazo. “Tal ação envolve a má absorção de nutrientes, ou seja, mesmo que o indivíduo tenha o costume de alimentar de maneira saudável, comer rapidamente tira a eficácia de tais alimentos”, alerta a especialista.

Além disso, a nutricionista explica que comer rápido faz com que a informação de alimentos ingeridos não chegue a tempo ao cérebro e, consequentemente, a quantidade de comida não é registrada. “A tendência é que o individuo coma exageradamente e aumente o risco de sobrepeso. O nosso organismo demora aproximadamente 20 minutos para ‘entender’ que está saciado e não precisa mais de comida. Ao comer rápido, o organismo fica sobrecarregado. A consequência é um maior acúmulo de gordura”, afirma Gabriela.

A especialista orienta que, para evitar esse hábito negativo, o mais indicado é que cada refeição seja feita com calma, em local confortável e longe de qualquer objeto que tire atenção, como televisão e smartphones, por exemplo. “Mastigar os alimentos pelo menos 20 vezes e saboreá-los bem devagar é o mais recomendado. Para aqueles que possuem uma vida corrida e agitada, a dica é comer em pratos ou recipientes menores; escolher alimentos satisfatórios e saudáveis, de preferência aqueles ricos em fibras e proteínas que provocam sensação de saciedade”, afirma a nutricionista.

https://www.revistaencontro.com.br/


Similar Posts

Deixe uma resposta

Topo