Empresas firmam acordo para desenvolver encapsulamento de células-tronco para transformar o tratamento diabetes

Esta foto fornecida pela ViaCyte mostra o sistema de entrega Encaptra

Uma grande colaboração foi anunciada, e ajudará na busca de um possível tratamento do diabetes baseado em uma abordagem pioneira de células-tronco

A CRISPR Therapeutics, uma empresa biofarmacêutica, uniu forças com a empresa de medicina regenerativa ViaCyte. 

Juntas, as empresas trabalharão usando o procedimento de substituição das células de ilhotas pancreáticas com base na tecnologia da ViaCyte , conhecido como PEC-Direct. PEC-Direct é uma terapia de células-tronco pioneira que envolve uma bolsa que encapsula células de ilhotas humanas cultivadas em laboratório. Foi concebido para imitar a função de um pâncreas saudável. 

No entanto, no momento e local em que o sistema imunológico tende a rejeitar as células, reconhecendo-as como corpos estranhos. Para que o procedimento funcione com sucesso, os pesquisadores precisam encontrar uma maneira de suprimir o sistema imunológico, onde entra a colaboração da CRISPR Therapeutics. 

A empresa é especializada no desenvolvimento de medicamentos usando sua plataforma de edição de genes CRISPR / Cas9. A tecnologia revolucionária permite mudanças precisas e dirigidas ao DNA genômico. 

Paul Laikind, diretor executivo e presidente da ViaCyte, chamou a CRISPR Therapeutics de “parceira ideal” para o programa por causa da “principal tecnologia de edição genética e especialização da empresa e foco em edição de evasão imunológica”.

Laikind acrescentou: “A criação de uma versão imune evasiva de nossa tecnologia gerada por genes nos permitiria abordar uma população de pacientes maior do que poderíamos com um produto que requer imunossupressão”. 

“Estamos entusiasmados por ter a oportunidade de fazer parceria com a CRISPR Therapeutics. Acreditamos que poderá ser uma terapia transformadora para pacientes com diabetes que precisam de insulina”. 

Como parte do acordo, a CRISPR Therapeutics usará sua tecnologia imunológica evasiva para desenvolver novas células que poderiam escapar à detecção e destruição pelo ataque auto-imune que caracteriza o diabetes tipo 1.

Samarth Kulkarni, diretor executivo da CRISPR Therapeutics, disse: “Acreditamos que a combinação de medicina regenerativa e edição de genes tem o potencial de oferecer terapias curativas duradouras a pacientes em muitas doenças diferentes, incluindo distúrbios crônicos comuns como diabetes que requer insulina”.

 

https://www.diabetes.co.uk/


Similar Posts

Topo