Peixe cego dá pistas sobre o diabetes

O nome científico do peixe-caverna é Astyanax mexicanus

Quando falamos de diabetes, dieta, exercício e medicação podem ajudar algumas pessoas a evitar complicações perigosas, mas especialistas dizem que ainda há muito a aprender. Agora, pesquisadores da Harvard Medical School estão procurando em um lugar muito improvável para melhorar a saúde humana. 

Tanques sobre tanques de peixes comuns de laboratório. Mas quando você chegar mais perto …

“O peixe-caverna não tem pigmento, então eles são peixes esbranquiçados, sem nenhum olho”, disse Misty Riddle, PhD, um biólogo da Harvard Medical School.

Depois de milhões de anos nadando em cavernas escuras, esse mexicano tetra evoluiu sem órbitas. Para a bióloga evolucionista e desenvolvedora de Harvard, Misty Riddle, não é o lado estranho que é fascinante. É o que tem dentro.

Riddle explicou: “Se você dissecar esse peixe, e apenas olhando para eles, eles parecem armazenar gordura em todos os lugares. Ficamos imaginando que outro tipo de alteração metabólica haveria”.

Riddle descobriu que esses peixes-caverna tinham enormes oscilações nos níveis de glicose no sangue, bem como as pessoas com diabetes tipo 2. Pessoas com diabetes tipo 2 também têm resistência à insulina. Com o tempo, os níveis elevados de glicose no sangue e a resistência à insulina podem levar à diabetes em pessoas e outras sérias complicações. 

Bhavna Desai, PhD, um cientista de pós-doutorado em endocrinologia e metabolismo, BIDMC, na Harvard Medical School, disse a Ivanhoe: “Danos vasculares causam doenças cardíacas e causam danos ao fígado e doença renal diabética”.

Apesar dos níveis anormais de glicose no sangue, o peixe-caverna não tem nenhum dos efeitos colaterais de saúde. Os pesquisadores dizem que entender por que os peixes não desenvolvem complicações pode ajudá-los a encontrar um caminho para novas drogas.

Riddle declarou: “Se pudermos aprender sobre o porquê que isso é diferente, talvez possamos aplicar aos humanos”.

Mistérios das cavernas mexicanas que poderiam ajudar uma epidemia de saúde mundial.

Riddle diz que o cavefish (peixe-caverna) em seu laboratório tem expectativa de vida normal, apesar de ter altos níveis de glicose e resistência à insulina. Muitos peixes estão no laboratório há 15 anos.

 

https://www.texomashomepage.com/


Similar Posts

Topo