A metformina, uma droga revolucionária?

Photo by Sharon McCutcheon on Unsplash

Algumas doenças metabólicas nascem de eventos repetitivos que geram aumento da produção de radicais livres no nosso organismo. Estes elementos, em altas concentrações, lesionam partículas específicas das nossas células tornando-a defeituosa. Algumas regiões específicas são conhecidas como receptores, que consistem em locais de ligação para hormônios e outras substâncias que irão atuar em nosso metabolismo. Uma vez lesionado este receptor, o hormônio que se liga a ele terá pouca atuação e ocorrerá prejuízo de sua função. As nossas células tem inúmeros receptores para a Insulina, que controla o açúcar e a gordura do sangue.

Considerando que estes radicais livres estão danificando este local de ligação, os níveis de glicose e de gordura no sangue não estarão mais controlados. Já se sabe que essa dificuldade da insulina em se comunicar com o seu receptor gera o aumento da sua produção para que ela seja mais efetiva. Esta situação é conhecida como Resistência Insulínica ( RI ) e representa a transição da saúde para as doenças metabólicas como Obesidade, Diabetes e até mesmo o Câncer.

A metformina é uma droga que melhora este contato entre insulina/receptor e por isso é utilizada em quadros em que existe a chamada RI. Ela ajuda a controlar os níveis de insulina e assim controla a quantidade de açúcar do sangue. Hoje existem vários trabalhos científicos que demonstram que casais de cânceres ocorrem mais em pessoas com descontrole na glicose sanguínea e dessa maneira, nestes trabalhos de conclui que este medicamento pode diminuir os riscos de cânceres.

Além do controle de açúcar no sangue, ela age controlando proteínas que sinalizam a inflamação, diminuindo o quadro inflamatório de doenças crônicas. Importante lembrar que a prática de exercício físico e uma boa alimentação diminuem o excesso desses radicais livres e assim o risco dessas doenças é menor nas pessoas que o praticam. Cada vez mais se cresce a produção de pesquisas que demonstram que este medicamento diminui o risco de câncer e de doenças cardiovasculares.

Um estudo realizado em ratos deixou evidente que o uso da metformina aumentou a longevidade neste grupo, contribuindo para mais tempo de vida. Pois é, uma droga tão prescrita por médicos para o Diabetes está cada vez mais sendo estudada com funções bem mais amplas. Nunca esqueça que não devemos utilizar medicamentos de maneira aleatória e sim procurar o profissional de saúde para isso. Essa foi a dica de hoje. Siga-me nas redes sociais e fique sempre atualizado com informações sobre saúde e bem-estar. Obrigado e até o próximo encontro.

 

Rafael Coelho (CRM: 23943/PE) é médico pós-graduado em Nutrologia pela Associação Brasileira de Nutrologia (Abran) e atualização em Prática Ortomolecular. Atende em consultório particular na Clínica de Estética Contornare, no Recife. Atua nas seguintes áreas: Performance Esportiva, Distúrbios Metabólicos, Emagrecimento, Hipertrofia, Longevidade, Bioimpedância. É Diretor da Comissão de Saúde e Performance da Federação Estadual de Fisiculturismo (IFBB-PE).

 

https://www.folhape.com.br/


Similar Posts

Topo