Empresária com diabetes tipo 1 é resgatada após se perder por dois dias em milharal no Mato Grosso do Sul

Diabética insulinodependente, a empresária Thaís Regina Souza Valadares, de 39 anos, sobreviveu após ficar dois dias sem comer e sem beber água. Ela ficou perdida em uma área de 11 mil hectares de milho, após o carro ter atolado entre Sidrolândia e Maracaju, em Mato Grosso do Sul.

Thaís Valadares tem o tipo mais grave de diabetes e precisa tomar a injeção de insulina três vezes ao dia. Nos portadores de diabetes tipo 1, a produção de insulina do pâncreas é insuficiente e é preciso de injeções diárias para manter a glicose no sangue em valores normais. Há risco de vida se as doses não forem aplicadas diariamente.

Empresária Thaís Valadares chegou bastante debilitada, mas consciente ao hospital de Sidrolândia, MS

A empresária conseguiu aplicar a insulina durante os dois dias em que ficou perdida, mas a falta de comida pode ter alterado o índice de glicose, deixando Thaís Valadares desorientada.

“[Quando a encontramos,] ela estava encolhida, assustada, desorientada, proferindo assim frases desconexas. Não sabia onde estava e estava muito assustada”, contou o tenente do Corpo de Bombeiros Militar Antônio Marcos Francelino.

Carro da empresária Thaís Valadares foi encontrado atolado em estrada de MS

Cobras

Ao ser resgatada, Thaís também contou que se deparou com cobras no período em que ficou perdida no milharal. Ainda conforme o militar, na região existem animais perigosos, como onças-pardas.

Ela havia sido foi vista pela última vez na quarta-feira (14) em um supermercado, em Sidrolândia. A empresária ia para uma fazenda, mas errou o caminho, atolou o carro e ficou perdida.

O veículo da empresária foi encontrado por volta das 15 horas de sexta-feira (17). A empresária, no entanto, só foi encontrada horas depois, quando já era noite.

Nas buscas, os bombeiros contaram com a ajuda também de funcionários da fazenda. Sem ferimentos aparentes, Thaís está em um hospital em Sidrolândia. Aliviada, a família quer esquecer o que aconteceu.

 

http://g1.globo.com/


Similar Posts

Topo