Mãe é acusada por não saber cuidar do diabetes de sua filha

Uma mãe de Pittsburgh, nos EUA, é acusada de não cuidar de sua filha diabética, fazendo com que a menina acabasse no hospital seis vezes no ano passado com cetoacidose.

A condição apresenta sintomas que incluem vômitos, dor no estômago, falta de ar, sede grave e confusão.

Os investigadores acusaram Janell Ross de “conscientemente”  pôr em perigo o bem-estar de uma criança por negligência dos cuidados.

De acordo com a denúncia criminal, Ross foi treinada em como administrar insulina e como alimentar uma criança diabética, mas simplesmente não o fez tão corretamente.

Ross não estava em casa quando o Action News 4 de Pittsburgh apareceu para ouvir o seu lado da história.

Seu advogado discutiu o caso: “Bem, pense nisso assim, seu filho foi levado ao hospital por Janell porque Janell detectou que algo estava errado. Então, Janell é quem levou a criança ao hospital”, disse o advogado Blaine Jones.

Jones disse que espera que as pessoas compreendam a situação através dessa lente. Ele disse que seu cliente manteve registros dos cuidados que ela forneceu à filha.

“Ela administrou injeções de insulina em sua filha, a quem ela ama profundamente, toda vez que ela se alimentava. Janell tem registros para esse feito”, disse Jones.

Os investigadores reconheceram que Ross foi treinada.

“A Sra. Ross foi ensinada sobre como administrar o diabetes, que consistiu em como funciona a insulina, como administrar insulina e como verificar os níveis sanguíneos”, diz a denúncia criminal.

A acusação é que ela não seguiu essas instruções.

“Se Janell Ross fornecesse uma supervisão adequada e administrasse doses apropriadas de insulina várias vezes ao dia, sua filha não teria múltiplas admissões por cetoacidose diabética no ano passado”, disseram os investigadores.

 

http://www.wtae.com/


Similar Posts

Topo