Victoza pode beneficiar pacientes com diabetes tipo 1, sugere estudo

Uma meta-análise recente sugere que o receptor do agonista glucagon tipo péptideo-1 (GLP-1RA) liraglutide (comercializado como Victoza) produz reduções modestas dos níveis de HbA1c com perda significativa de peso bem como pequenas reduções de dose de insulina no diabetes tipo 1.

Estudos anteriores de pequena escala, incluindo os estudos clínicos de fase III ADJUNCT 1 e ADJUNCT 2, mostraram que o efeito sobre HbA1c com liraglutide não foi significativo ou que a magnitude da queda nos níveis de HbA1c foi dependente da dose e inconsistente.

Esta nova meta-análise, liderada por um grupo de pesquisa da Universidade de Buffalo (NY), expandiu os achados ADJUNCT com dados de 212 participantes envolvidos em três estudos controlados randomizados sobre GLP-1RAs na diabetes tipo 1, incluindo liraglutide.

Os resultados, apresentados na reunião anual da Associação Americana de Endocrinologistas Clínicos, destacaram uma redução de 3,16 mmol / mol nas leituras de HbA1c após 12 semanas de tratamento com Victoza ou Saxenda, a versão de perda de peso da marca registrada de Victoza.

Além de diminuir os níveis de HbA1c, a liraglutide, como um suplemento à insulina, reduziu o peso corporal em cerca de 5 kg e resultou em pequenas reduções de dose de insulina, igual a uma queda de 4,39 e 2,55 em unidades de insulina bolus diária e insulina basal diária, respectivamente.

Não se observou qualquer aumento na incidência de hipoglicemia entre os grupos liraglutide e controle. No entanto, mais efeitos colaterais como problemas gastrointestinais e náuseas foram observados com liraglutide.

O consenso inicial após a publicação dos resultados dos estudos ADJUNCT no ano passado foi que os resultados obtidos com liraglutide não foram suficientes para justificar o seu uso para pacientes com diabetes tipo 1.

No entanto, esta nova revisão da evidência tende a sugerir que a liraglutide pode ter benefícios pequenos, mas mensuráveis ​​para as pessoas com diabetes tipo 1, especialmente para aqueles que são incapazes de reduzir a sua HbA1c o suficiente para diminuir os riscos de complicações comuns.

No entanto, outros estudos clínicos durante períodos mais longos devem ser realizados para estabelecer a durabilidade e a consistência dos efeitos da liraglutide no controle do açúcar no sangue no diabetes tipo 1.

 

http://www.diabetes.co.uk/


Similar Posts

Deixe uma resposta

Topo