Alerta médico para usuários de bomba de insulina divulgado no Reino Unido

Agência Reguladora de Medicamentos e Produtos de Saúde do Reino Unido, divulgou informações para profissionais de saúde para que eles possam informar a seus pacientes sobre a atualização de um alerta.

Novas instruções para as bombas de insulina Roche Accu-Chek Insight foram liberadas, o que deve ajudar a melhorar a vida útil da bateria e evitar o desligamento inesperado da bomba ou o rápido esgotamento da bateria.

O aviso de caráter urgente diz: “Escolher o tipo de bateria errado durante uma mudança ou usar baterias de baixa qualidade podem levar a uma rápida queda de energia ou desligamento do sistema devido a problemas de bateria. Em alguns casos, a queda de tensão pode se dar muito rápida resultando na não emissão do alarme, o que normalmente acontece, e que permite uma detecção clara e precoce do status de bateria fraca lembrando ao usuário para trocá-la.

“Esse desligamento repentino não detectado da bomba de insulina poderia ser seguido por uma sub-administração de insulina igualmente não detectada, particularmente durante a noite. A seleção do tipo de bateria incorreta (escolha Lítio ou Alcalina) na bomba de insulina pode afetar a detecção da tensão remanescente, o que também pode levar aos problemas descritos acima, pois as baterias de lítio e alcalinas possuem características específicas das de tipo diferentes”.

“Como a segurança de seus pacientes é nossa prioridade máxima, estamos aprimorando ainda mais as instruções de manuseio do sistema Accu-Chek Insight e estamos informando os usuários do sistema Accu-Chek Insight para estar ciente deste tópico. Utilizar baterias de lítio Energizer® Ultimate (1.5V AAA / FR03) e seguir os passos descritos nas instruções de manuseio anexadas evitará a ocorrência futura de tais problemas e melhorará a vida útil da bateria”. O alerta recém-divulgado, substitui um outro alerta que foi publicado em agosto de 2015.

Incluído nas instruções, a Roche recomendou que os usuários aumentassem a freqüência de troca de bateria de 30 dias para 14 e recomendou que os pacientes usassem baterias Energizer® Ultimate Lithium (FR03) para ter um desempenho ideal, pois estas já foram testadas com sucesso no trabalho com o dispositivo.

 

http://diabetestimes.co.uk/


Similar Posts

Topo