Aumento da atividade física na infância pouparia R$ 200 bilhões por ano só nos EUA

A economia gerada é proporcional ao número de jovens que praticam a quantidade de atividade física recomendada

Se todos os jovens americanos praticassem o mínimo de esporte recomendado, os Estados Unidos teriam 1,2 milhão de crianças obesas ou com sobrepeso a menos e poupariam 62,3 bilhões de dólares (197,3 bilhões de reais) por ano em despesas médicas e em perda de produtividade. Os dados são de um estudo publicado nesta segunda-feira na revista Health Affairs.

“A atividade física não só faz com que as crianças se sintam melhor, como também as ajuda a ter hábitos de vida mais saudáveis, o que também é positivo para a economia do país”, explicou o doutor Bruce Y. Lee, diretor do centro de prevenção da obesidade da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, que dirigiu a pesquisa. “Nosso estudo mostra que o fato de incentivar e investir no esporte quando as crianças são mais jovens proporciona enormes benefícios mais adiante.”

A análise, feita usando um modelo computacional para simular os efeitos da intervenção, mostra que a economia gerada é proporcional ao número de jovens que praticam a quantidade de atividade física recomendada. Segundo os autores do artigo, atualmente apenas 32% das crianças americanas de oito a onze anos faz o mínimo exercício requerido – ou seja, 25 minutos três vezes por semana.

Se essa proporção aumentasse para 50%, por exemplo, o país já sentiria uma melhora expressiva na economia e poderia economizar anualmente 21,9 bilhões de dólares (69,3 bilhões de reais) em assistência de saúde e em perda de produtividade.

Dados preocupantes

Aproximadamente um jovem americano em cada seis, de 2 a 19 anos, tem obesidade ou sobrepeso, segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês). Outros estudos demonstram, ainda, que jovens que têm sobrepeso aos 18 anos correm mais riscos de ter excesso de peso quando adultos.

Mais de um terço dos americanos adultos são obesos, o que aumenta consideravelmente seus riscos de sofrer de doenças cardiovasculares, diabetes e inclusive alguns tipos de câncer. Segundo os autores do estudo recém-publicado, muitos desses males poderiam ser evitados com a simples prática de alguma atividade física.

 

http://veja.abril.com.br/


Similar Posts

Topo