Jovem com diabetes agradece a estranhos por salvarem sua vida

Jordan foi salvo por três estranhos

Um adolescente com diabetes que desmaiou na rua agradeceu hoje a três estranhos que agiram rapidamente para salvar sua vida.

Jordan Brandon, de 19 anos, corre o risco de entrar em coma quando seu açúcar no sangue cai para níveis perigosamente baixos. Jordan Brandon foi salvo por três estranhos, sendo dois deles funcionários  da estação local, em Station Road, Wesham. Eles o impediram de cambalear pela estrada, sendo posteriormente ajudados por um transeunte que esperaram juntos com ele a chegada dos paramédicos.

Jordan tem diabetes tipo 1, o que significa que seu corpo não pode produzir insulina. Ele precisa de injeções regulares do hormônio para reduzir o nível de açúcar em seu sangue, bem como uma dieta cuidadosamente mantida. Sua condição rapidamente se tornou ameaçadora na quarta-feira passada, quando ele se esqueceu de almoçar e, posteriormente, desmaiou do lado de fora da Estação Road, Wesham, depois de deixar seu emprego no escritório da Worden Construction.

Mas sua vida foi salva quando três estranhos se apressaram em auxiliá-lo. Os assistentes locais Charlie Thompson, 18 anos, e Ricky Wilcock, 23, chamaram uma ambulância para Jordan, depois de observar um cartão de diabético entre suas coisas.

Jordan disse: “Se não tivesse sido por eles me ajudarem, eu não estaria aqui hoje. Lembro-me de sair de uma reunião sem estar me sentindo muito bem”.

“Eu estava suando e senti tonturas, então decidi ir para uma lanchonete. Pensei que ficaria bem quando me alimentasse novamente”.

“Eu me lembro do assistente de loja pedindo meu cartão de crédito, mas eu me sentia como se estivesse em um sonho, ficando repetidamente escolhendo os cartões para, no fim, deixá-los cair no chão. Tudo ficou preto.”

Jordan estava sofrendo de um grave caso de hipoglicemia – baixo nível de açúcar no sangue – que provoca tremores, sudorese, náuseas, convulsões e até mesmo, comas.

Ricky disse: “No começo pensamos que ele estava bêbado porque estava cambaleando e tentando usar seu cartão para pagar por suas compras”.

“Ele começou a suar e ficar muito pálido, quando então me aproximei do balcão ele estava tentando pagar com seu cartão de diabetes. Daí ligamos para a emergência”.

Charlie e Ricky colocaram Jordan sentado, pois até então se encontrava confuso e desorientado na loja, mas, no entanto, ele rapidamente saiu e começou a caminhar pela estrada da Estação na direção oposta ao seu local de trabalho.

Jordan, que mora na Beech Avenue, em Kirkham, disse: “Eu não sei para onde estava indo, mas pela direção que eu estava tomando, provavelmente estava tentando chegar até aos médicos”.

Jordan foi seguido por Ricky e Charlie, que o impediram de cambalear na estrada. Ricky disse: “Foi quando ele começou a ter convulsões”.

O trio foi ajudado por um desconhecido que era chamado apenas de ‘Bobby’. Este ofereceu seu sofá para que Jordan descansasse enquanto esperavam a ambulância chegar.

Jordan disse: “Quando eu acordei, estava sentado em uma casa completamente desconhecida com um paramédico ao meu lado. Eu ainda pensava que estava em um sonho”.

Jordan foi colocado no soro intravenoso e foi injetado com o hormônio glucagon, o que elevou seus níveis de açúcar no sangue e salvou sua vida.

Ele disse: “Eu gostaria de agradecer ao pessoal por tudo. Obrigado por estar lá para mim e não apenas assumido que eu estava bêbado ou drogado – Eu lhes devo a minha vida”.

A mãe de Jordan, Natasha, de 38 anos, descobriu o que acontecera com seu filho depois que Charlie usou seu telefone para postar sobre o incidente nas mídias sociais, e disse: “Se eles não o ajudassem, eu odeio pensar no que poderia ter acontecido a Jordan, porque ele não tinha qualquer consciência do que estava acontecendo com ele”.

“Ele poderia ter andado para a frente de um veículo em movimento. Ele poderia ter caído em um coma diabético e até ter morrido. Essas pessoas não percebem o que fizeram por nós. Eles salvaram a vida dele”.

Ricky disse: “Eu não vejo isso como algo heroico. Eu vi uma pessoa que precisava de ajuda e queria ajudá-lo fazendo o melhor que pude. Fico feliz que Jordan tenha se recuperado completamente”.

 

http://www.blackpoolgazette.co.uk/


Similar Posts

Deixe uma resposta

Topo