Fiasp – Insulina de Ação Ultra-rápida para ser tomada às refeições – é esperada ainda para este primeiro semestre

Espera-se o lançamento da insulina Fiasp da Novo Nordisk ainda para o primeiro semestre deste ano

Fiasp, uma nova insulina às refeições com ação ultra-rápida de “próxima geração,” recebeu recentemente a aprovação da Agência de Medicina Europeia (EMA), equivalente europeu do FDA dos EUA. Fiasp é uma versão de ação mais rápida da insulina NovoRapid atualmente disponibilizada pela Novo Nordisk (conhecida como NovoLog nos EUA).

A nova insulina deverá estar disponível na Europa ainda no primeiro semestre de 2017. A Novo Nordisk vai vendê-la em frascos, canetas PenFill recarregáveis ​​e canetas FlexTouch descartáveis ​​pré-cheias. As informações de preços para o Fiasp ainda não estão disponíveis – o diaTribe imaginaria que, quando aprovado nos EUA, será pelo menos um pouco mais caro do que o Novolog da Novo Nordisk, mas na EMA, pode ser menor (isso é pura especulação).

Nos Estados Unidos, Fiasp deverá ser reenviado para o FDA na Primavera de 2017, com uma aprovação esperada até o final do ano. No outono passado, a FDA solicitou mais informações de segurança sobre a droga. Como a diaTribe entende, as recentes reuniões da Novo Nordisk com a FDA foram altamente construtivas e a empresa se comprometeu a enviar todas as informações necessárias para a FDA até o dia 6 de maio. DiaTribe também espera ouvir o que as pessoas com diabetes pensam da nova insulina quando estiverem utilizando – mesmo mudanças pequenas, insulinas atuais têm muitas áreas potenciais de melhoria.

Talvez o mais interessante é que Fiasp mesmo tomada 20 minutos após o início de uma refeição comprovou gerenciar os níveis de glicose no sangue, da mesma forma com que a NovoRapid era tomada imediatamente antes das refeições – uma conveniência significativa para aqueles momentos “Eu esqueci de tomar a insulina!”. Tomar Fiasp antes das refeições ainda é a opção recomendada, mas de acordo com muitas pessoas com diabetes com quem diaTribe falou, “a vida acontece”, e esta flexibilidade de dosagem é uma característica bem-vinda.

Em comparação com aqueles que usam NovoRapid, os usuários de Fiasp também observaram ligeiras melhorias nos estudos de A1C, sem uma maior probabilidade de hipoglicemia grave. Além disso, os níveis de glicose no sangue uma hora após a refeição em média ficaram cerca de 10 mg / dl menor em pessoas que tomaram Fiasp do que naqueles que tomaram NovoRapid. Isso provavelmente se deve a um melhr “timing” que traz melhores melhores resultados além de A1c – diaTribe espera ver esses dados no mundo real.

Enquanto diaTribe não imagina que endocrinologistas especialistas e médicos de cuidados primários, em última análise, possam caracterizar Fiasp como uma melhoria revolucionária, é emocionante observar mesmo um progresso incremental em uma arena como tomar insulina na hora da refeição, que é uma das drogas mais desafiadoras do mundo. Os níveis de glicose no sangue pós-refeição permanecem um grande desafio para muitos com diabetes, em particular.

Em uma recente e simples pesquisa que a Fundação diaTribe apresentou no FDA no verão de 2016, apenas 17% das pessoas com diabetes tipo 1 e 18% das pessoas com diabetes tipo 2 disseram que suas terapias atuais são “muito bem sucedidas” em obter glicose pós-refeição a níveis abaixo de 180 mg / dl. Essa foi uma das classificações de menor sucesso relativa a qualquer outra pergunta na pesquisa. Espera-se que o Fiasp, e outras insulinas de ação rápida à hora da refeição venham colaborar para a melhora desses resultados.

 

https://diatribe.org/


Similar Posts

Topo