Diabetes mata mais americanos do que se pensava

A diabetes é a terceira maior causa de morte, segundo estudo

O número de americanos que morrem de diabetes é muito maior do que se acreditava anteriormente, de acordo com um novo estudo.

A pesquisa, com base em dados do governo federal, descobriu que a diabetes provoca 12 por cento das mortes nos Estados Unidos. Isso torna a terceira principal causa de morte após doenças cardíacas e câncer, disseram pesquisadores.

“Outra forma de dizer que, se o diabetes fosse eliminado como um processo de doença, o número de mortes declinaria em 12%”, disse o autor do estudo Samuel Preston, professor de sociologia da Universidade da Pensilvânia.

“Houve apenas um esforço de pesquisa semelhante anterior, e foi baseado em dados dos anos 1980 e início dos anos 90. Ele mostrou mortes atribuíveis ao diabetes atingiram cerca de 4 por cento do total de mortes”, disse ele em um comunicado de imprensa da universidade.

Os dados para o novo estudo vieram da Pesquisa Nacional de Saúde (NHIS) e da Pesquisa Nacional de Saúde e Nutrição (NHANES) dos Estados Unidos. Ambos são realizadas anualmente, o que dá aos pesquisadores uma visão mais atual.

À partir disso, os pesquisadores descobriram que os americanos com diabetes têm cerca de 90 por cento maior taxa de mortalidade do que aqueles sem diabetes. Eles observaram que o diabetes como a “causa subjacente da morte” tinha sido significativamente subnotificada nos Estados Unidos.

“Há apenas uma causa subjacente de morte em um certificado de óbito”, disse Preston. Mas, “o diabetes não é listado com a freqüência com que está envolvido na morte de indivíduos.”

O co-autor do estudo, Andrew Stokes, é demógrafo da Universidade de Boston. Ele disse: “Quando nós monitoramos tendências na saúde das populações e olhamos para as estatísticas de mortalidade, algumas das principais ameaças à mortalidade dos EUA e expectativa de vida se destacam, como drogas e álcool envenenamentos e suicídio. Diabetes não está na lista”.

O estudo foi publicado 25 de janeiro na revista PLoS ONE .

O número de americanos com diabetes aumentou quase 300 por cento entre 1980 e 2014, passando de 5,5 milhões em 1980 para quase 22 milhões, de acordo com dados dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças.

 

http://www.webmd.com/


Similar Posts

Topo