Medicamentos e o ganho de peso

Cerca de 10-15% de problemas com o peso estão relacionados com medicamentos. Alguns destes podem aumentar a fome, outros podem retardar a habilidade corporal de queimar calorias ou causar o aumento de retenção de fluidos. Os efeitos, no entanto, não são iguais para todo mundo.

Se você suspeitar que está ganhando peso por conta de seus medicamentos, não pare de tomá-los antes de conversar com seu médico. Ele pode ser capaz de mudar o tipo de medicamento, inclusive para algum que ajude na perda de peso.

Alguns medicamentos para depressão aumentam a quantidade de certos químicos cerebrais que causam o bem-estar. No entanto, eles também controlam o apetite e como o corpo quebra as calorias. Tenha em mente que a depressão por si só já afeta o apetite e os hábitos alimentares.

Estabilizadores de humor, utilizados no tratamento de transtorno bipolar e esquizofrenia, aumentam o apetite e o mantém dessa forma. Medicamentos para enxaqueca e convulsões afetam os hormônios que controlam a fome e tornam mais difícil a sensação de saciedade.

Medicamentos para diabetes controlam os níveis de açúcar no sangue de varias formas. Alguns tornam a pessoa mais sensível à insulina, enquanto outros aumentam a liberação de insulina antes ou após as refeições. É normal ganhar peso quando você começa a tomar esses medicamentos, enquanto o corpo se ajusta à eles.

Mas, alguns medicamentos mais antigos podem facilitar a conversão de calorias em gordura. Os corticoesteroides reduzem a dor e a inflamação. Mas, como eles também afetam o metabolismo, consumi-los por longos períodos pode aumentar o apetite e fazer com que o corpo acumule mais gordura, especialmente na região abdominal.

Referência:

 

http://www.portaldoholanda.com.br/


Similar Posts

Deixe uma resposta

Topo