Hospital Infantil lança programa inovador de Diabetes

Uma vez que o jovem é diagnosticado, existe muito a aprender para manter ideal o nível de glicose no sangue

Um novo programa foi lançado na região que faz com que os jovens que foram recentemente diagnosticados com o tipo 1 da diabetes venham a evitar uma internação. É no Children’s Mercy Diabetes Center, e é chamado “Estratégia de Transição para o Ambulatório da Educação de Novos casos de Diabetes”, ou STAND.

Ryan McDonough, endocrinologista pediatra e co-diretor do Children’s Mercy Diabetes Center, disse que ao invés de admitir pacientes recém-diagnosticados, aqueles com cinco anos ou mais velhos e suas famílias receberão educação e treinamento sobre como manter saudável o nível de glicose no sangue durante três visitas ao ambulatório da clínica de diabetes do hospital infantil.

McDonough explicou que as famílias e os pacientes já estão ficam em choque uma vez que o diagnóstico é feito, então não precisam de uma tensão adicional de uma hospitalização. “Porque ser admitido no hospital quando você já poderia estar lidando com esta nova condição crônica ao longo da vida, é muito estressante,” ele disse. “Estamos vendo algum sucesso para as famílias que não estão tendo que passar a noite no hospital”.

Children’s Mercy Diabetes Center atualmente está tratando cerca de 2.400 crianças com diabetes e um adicional de 250 a 300 casos são diagnosticados a cada ano. McDonough disse que na maioria dos casos, os pais são capazes de aprender as habilidades de que precisam para tratar a doença em uma clínica em vez de ter sua criança hospitalizada.

Mesmo que ainda não exista cura para a doença, McDonough disse que os avanços da tecnologia estão sendo feitos para que as pessoas possam levar uma vida normal.

“A tecnologia das bombas de insulina e os monitores contínuos de glicose (CGM) que temos agora, tudo isso juntos irão permitir que as crianças e suas famílias tenham muito mais flexibilidade com a diabetes”, explicou. “Então, em vez de ser diabético, você pode apenas ser uma pessoa com diabetes”.

No passado, a aqueles com um novo diagnóstico eram fornecidas todas as informações em um curto período de tempo, e McDonough disse que isso pode ser esmagador. As instruções agora são divididas em sessões, e um sistema de suporte online também pode ser usado para que as famílias possam aprender com o exemplo dos outros.

Não há outros hospitais da região usando o programa STAND.

 

http://www.kmaland.com/


Similar Posts

Topo