Seguradora dos EUA conclui que as pessoas com diabetes podem melhorar sua auto gestão

Um em cada quatro nova-iorquinos do norte do estado com diabetes tipo 2 não obter exames pé recomendadas.
Um em cada quatro nova-iorquinos do norte do estado com diabetes tipo 2 não fazem todos os exames recomendadas.

Dezenas de milhares de adultos do norte do estado de Nova York que têm diabetes comprometem a sua saúde, ao não tomar passos básicos para manter a sua doença crônica sob controle, de acordo com dados recolhidos pela Univera Healthcare, empresa de seguro de saúde dos EUA.

Estima-se que 387.000 adultos em Nova York vivem com diabetes, uma condição de saúde grave em que o corpo não produz ou usa adequadamente a insulina para digerir o açúcar (glicose). Ao longo do tempo, os níveis de açúcar no sangue podem danificar muitas partes do corpo, incluindo os vasos sanguíneos. A diabetes é a principal causa de novos casos de cegueira, doença renal e amputação não-traumática de membros inferiores. É também um dos principais contribuintes para a principal causa de morte da nação, a doença cardiovascular que leva a doenças cardíacas e derrames.

“Os médicos podem ajudar os pacientes a controlar o diabetes, mas os pacientes devem ser parceiros ativos que se encarregam de sua própria saúde, a fim de manter ou melhorar o estado geral de saúde”, disse Matthew Bartels, diretor médico para a melhoria da saúde da Univera Healthcare. “Nossa mais recente pesquisa se concentra em saber se os pacientes estão, por sua própria conta, aderindo às recomendações de cuidados necessários para manter a sua diabetes sob controle”.

Conclusões

  • Recomendação 1: Possui uma análise de sangue A1C pelo menos duas vezes por ano, que mostra o nível médio de açúcar no sangue durante os dois ou três meses anteriores
    Taxa de cumprimento: 67 por cento
  • Recomendação 2: Realiza um exame anual oftalmológico completo, incluindo a dilatação do olho
    Taxa de cumprimento: 73 por cento
  • Recomendação 3: Algum profissional de saúde examina os pés para feridas ou irritações pelo menos uma vez ao ano
    Taxa de cumprimento: 73 por cento
  • Recomendação 4: Visita um dentista ou clínica dental pelo menos anualmente
    Taxa de cumprimento: 55 por cento
  • Recomendação 5: Mantem-se fisicamente ativo como prescrito pelo seu médico
    Taxa de cumprimento: 53 por cento
  • Recomendação 6: Visita um profissional de saúde, pelo menos anualmente para verificar a sua diabetes
    Taxa de cumprimento: 83 por cento
  • Recomendação 7: Toma vacina contra a gripe todos os anos
    Taxa de cumprimento: 57 por cento

Usando dados da pesquisa de auto-relato recolhidos localmente e nacionalmente por agências governamentais de saúde, a Univera constatou que 64 por cento dos adultos que têm diabetes verificam o seu açúcar no sangue pelo menos uma vez por dia, como recomendado por especialistas em saúde que incluem aqueles do Departamento de Saúde dos EUA.

“Esse percentual significa que cerca de 140.000 cidadãos adultos do norte do estado de Nova York com diabetes não estão tomando apenas um dos vários passos muito importantes para a sua própria saúde”, disse Bartels em um comunicado. Os pacientes com diabetes tipo 2 que estão sob medicamentos não-insulina ou com dieta e exercício apenas, podem não precisar testar o açúcar no sangue diariamente. Muitas pessoas com diabetes testam seus níveis de glicose de duas a quatro vezes por dia, de acordo com o Centers for Disease Control and Prevention.

Um dos passos mais importantes que um paciente pode tomar para melhorar a sua saúde é receber educação formal sobre a auto-gestão do diabetes. De acordo com a Univera, apenas 45 por cento dos pacientes tiveram isso.

A análise da Univera Healthcare, destaca a taxa de auto-relato em que os pacientes do norte do estado de Nova York cumpriram as recomendações feitas pelo HHS, CDC e American Diabetes Association. Você pode vê-la online aqui.

“As pessoas que vivem com diabetes podem ajudar a si próprias de maneiras muito significativas”, disse Bartels. “Mas elas devem cuidar de sua saúde, trabalhando em estreita colaboração com seus médicos para agir sobre estas recomendações básicas”.

Para mais informações, visite cdc.gov/diabetes/managing.

 

http://buffalonews.com/


Similar Posts

Topo