A insegurança no trabalho faz aumentar o risco de diabetes

Risks And Challenges Of Business Life

As conclusões de um novo estudo associa a insegurança no trabalho com um risco aumentado de diabetes. Segundo a pesquisa, os empregados que se sentem preocupados em perder seu emprego parecem estar com 19% maior risco da doença silenciosa.

Os pesquisadores examinaram os dados existentes à partir de um total de 19 estudos envolvendo 140.825 participantes de Austrália, Europa e Estados Unidos, e incluiu 3954 casos de diabetes. Os resultados foram publicados no Canadian Medical Association Journal. “Na análise preliminar ajustada para idade e sexo, uma maior insegurança no emprego foi associado com um risco aumentado de diabetes incidente em comparação com uma baixa insegurança”, afirma o estudo.

Aos participantes dos vários estudos foram feitas perguntas sobre o quão seguro eles se sentiam em seus trabalhos, qual a probabilidade que eles involuntariamente poderiam perder o emprego, ou como eles estavam preocupados sobre como se tornar desempregados. Esses dados foram então cruzados com os casos de diabetes.

Com uma crescente utilização de contratos temporários e outras formas de emprego flexível, mais e mais atenção é dada a ambas as consequências físicas e mentais de saúde causada pela insegurança no trabalho. Por exemplo, os pesquisadores referem-se a estudos anteriores que ligava a insegurança do emprego ao diabetes através de uma ligação entre a insegurança do emprego e um aumento subsequente no índice de massa corporal.

Mas o novo estudo mostra que pode haver mais do que isso. Mesmo após o ajuste para idade, sexo, status socioeconômico, obesidade, atividade física, consumo de álcool e tabagismo, o resultado manteve-se estatisticamente significativo.

Pelo fato dos pesquisadores terem considerado o conjunto de dados multi-país, é provável que as suas descobertas se apliquem de forma mais ampla para os trabalhadores em outros países de alta renda também.

Embora não haja nenhuma prova de uma ligação direta, este último estudo mostra que há uma ligação entre a insegurança no trabalho e risco de diabetes. Como tal, os autores recomendam uma resposta política que procura reduzir a exposição das pessoas à insegurança no trabalho, na tentativa de limitar o seu impacto na saúde.

 

http://www.humanresourcesonline.net/


Similar Posts

Topo