Dona de casa e produtor de eventos usam a diabetes para melhorar a qualidade de vida

A dona de casa Luciene Senne perdeu peso, melhorou a dieta e melhorou sua disposição para a vida
A dona de casa Luciene Senne perdeu peso, melhorou a dieta e melhorou sua disposição para a vida

A diabetes é uma doença silenciosa, traiçoeira, e quando o diagnóstico chega, assusta. Tem muita gente com diabetes no Brasil: 14 milhões de pessoas.

“A grande maioria não conhece os riscos do mau controle. Esses pacientes têm um risco maior de terem infarto, de terem derrame, de apresentarem problemas de visão”, explica Luiz Turatti, presidente da Sociedade Brasileira de Diabetes.

A doença é perigosa, mas tem jeito de conviver com ela, levando a vida de uma maneira bem mais saudável.

Existem dois tipos de diabetes. O tipo 1 é uma doença auto-imune e a pessoa tem que ser tratada com insulina. A do tipo 2 é a mais comum. Ela geralmente aparece quando as pessoas exageram na alimentação, não fazem exercícios físicos e ganham peso.

“- O que eu comia de gordura… Eu comia muita carne, muita costela, muita picanha e aí eu fui aos pouquinhos engordando”, diz a dona de casa Luciene Senne. De pouquinho em pouquinho, Luciene passou da conta: “Engordei 22 quilos.”

E como um problema nunca vem sozinho, a pressão subiu e também foi diagnosticada a diabetes. O susto foi tão grande que a Luciene resolveu mudar radicalmente. É um caminho cheio de restrições, que não é fácil para ninguém.

Para o marido e a filha, um cardápio recheado de gorduras e carboidratos. Para ela, tudo bem magrinho. Para mudar o estilo de vida, a Luciene procurou ajuda na unidade básica de saúde do bairro onde mora. A educadora física ensina os exercícios, e a nutricionista cuida da dieta.

O produtor de eventos Marcus Vinícius nos diz qual sua estratégia para perder peso
O produtor de eventos Marcus Vinícius nos diz qual sua estratégia para perder peso

Luciene precisa de muito apoio, porque dentro de casa a luta é solitária. Ver o marido comendo muito, e de tudo, é uma ameaça à resistência.

O produtor de eventos Marcus Vinicius Santos também entrou em pânico quando o médico falou em diabetes. Mas sabe o que o Marcus fez? Aproveitou o diagnóstico para melhorar a vida. E melhorar muito.

Com um 1,80m de altura, Marcus chegou a pesar 160 quilos. Graças a caminhadas e uma dieta realista e balanceada, foi emagrecendo pouco a pouco, até que ao longo de quatro anos perdeu 48 quilos, e ele quer mais. Aliás, quer menos, quer pesar menos.

“Quando eu falo para as pessoas que estou com diabetes: ‘oh!!!!!’ Não, não tem isso. Para mim foi uma bênção, porque eu emagreci, estou com uma qualidade de vida muito melhor do que eu tinha antes”, diz.

A estratégia do Marcus hoje é bem simples: ele emagrece um pouco, estabiliza naquele peso por um tempo e depois que o corpo se acostuma, mexe na dieta outra vez. Mesmo comendo fora todos os dias, ele mantém o controle da dieta. Sabe o que pode e o que deve comer.

 

http://g1.globo.com/


Similar Posts

Topo