Médico garante que diabetes pode ser controlada através da alimentação

Médico propõe tratamento com foco em mudanças alimentares para controle da diabetes
Médico propõe tratamento com foco em mudanças alimentares para controle da diabetes

Segundo um relatório divulgado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), em abril deste ano, mais de 16 milhões de brasileiros sofrem com diabetes e a doença mata aproximadamente 72 mil pessoas por ano no Brasil. Ainda neste documento, consta que o excesso de peso afeta 54,2% dos brasileiros, a obesidade 20,1% e a inatividade física 27,2.

Entre os principais fatores agravantes do sobrepeso e diabetes ao longo da última década, não só no Brasil, como mundialmente, são destacados aspectos relacionados principalmente ao estilo de vida. Sedentarismo, estresse e alimentação repleta de alimentos industrializados são considerados fatores responsáveis por intensificar ainda mais os danos à saúde. Além disso, atualmente quando se fala sobre o assunto, o que se verifica é um foco no tratamento medicamentoso e não em uma conscientização sobre hábitos que comprometem o tratamento, bem como sobre o aspecto mais importante, tanto para a prevenção, quanto para o tratamento da doença: a alimentação.

Segundo o médico e criador do método “Diabetes Controlada”, Dr. Patrick Rocha, o tratamento de pacientes com diabetes não se trata apenas de prescrever medicamentos, mas também de uma educação alimentar e buscar ações preventivas. “Muitos pacientes tem seus casos agravados por falta de informação, o que os leva a aumentar cada vez mais a dosagem das medicações e a sofrer de diversas complicações. Muitos podem até não saber, mas a diabetes está diretamente relacionada aos hábitos alimentares. Por isso é de suma importância ter uma alimentação adequada e alinhada com os estudos científicos atualizados e sempre atento ao alto índice glicêmico dos alimentos consumidos” destaca.

De acordo com Rocha, para o diabético o ideal é retirar tudo que houver trigo, focar nas gorduras saudáveis e proteínas de alto valor biológico (ovos, óleo de coco, carnes de animais que pastam, abacate, etc). Os carboidratos fibrosos, como as hortaliças em geral, também são importantes para a saúde segundo o médico. As omeletes recheadas de queijo, carne, brócolis e outros legumes são uma excelente opção por serem altamente nutritivas e dar a sensação de saciedade por muito mais horas.

Estudo divulgado na American Journal of Medicine, em 2013, já indicava que alimentos processados, frituras, doces e bebidas adoçadas vêm ocupando muito espaço na alimentação das pessoas e são os grandes responsáveis pelo sobrepeso, diabetes, bem como outras complicações, como problemas cardiovasculares, depressão, triglicerídios altos, entre outros.

Portanto, fique atento sempre a alimentação, pois ela é uma importante aliada no controle e prevenção de doenças. É possível realizar um controle eficaz da diabetes por meio de uma alimentação saudável e alinhada coma ciência (estudos de elevado nível de evidência científica das maiores universidades do mundo). Se todos passarem a utilizar essa informação como base, muito provavelmente a OMS nos dará boas notícias com porcentagens mais baixas nos próximos anos.

Patrick Rocha (CRM-CE 8561) é palestrante, pesquisador e apaixonado por saúde e nutrição. Dr. Rocha é Presidente do Instituto Nacional de Estudos da Obesidade e Doenças Crônicas (INEODOC) e autor dos treinamentos “Emagreça com o Dr Rocha” e “Programa Diabetes Controlada”.

 

http://www.segs.com.br/


Similar Posts

Topo