Spray para a pele pode curar feridas do pé diabético

O spray já demonstrou eficiência antes mesmo da realização de estudos
O spray já demonstrou eficiência antes mesmo da realização de estudos

Avita Medical iniciou um estudo no Reino Unido para avaliar o potencial da sua tecnologia ReGenerCell que trata de úlceras do pé diabético, uma ferida da pele que pode ser muito difícil de tratar.

Com escritórios no Reino Unido e originalmente na Austrália, Avita Medical está desenvolvendo produtos em engenharia de tecidos e medicina regenerativa.

A sua tecnologia utiliza a pele do próprio paciente e a capacidade regenerativa do corpo humano para tratar uma vasta gama de feridas, cicatrizes e defeitos da pele.

O dispositivo ReGenerCell permite que os profissionais de medicina utilizem uma pequena amostra da pele do paciente para criar uma suspensão autóloga, contendo vários tipos de células e fatores para cicatrização de feridas.

Esta suspensão é então pulverizada ou gotejada na área da ferida.

O papel de suspensão epitelial regenerativa (RES) na cicatrização de feridas. (Fonte: Avita Medical)
O papel de suspensão epitelial regenerativa (RES) na cicatrização de feridas. (Fonte: Avita Medical)

Agora, Avita está enfrentando uma nova condição, a úlcera diabética no pé. Já existe o primeiro paciente voluntário no Manchester Royal Infirmary para o estudo de 26 semanas. Deverá ter no total até 24 pacientes, todos ainda submetidos ao tratamentos padrão – limpeza, curativos, e spray.

As úlceras do pé diabético são feridas abertas de longo prazo resistentes à maioria dos tratamentos padrão, e uma complicação comum em diabetes. Com a atual epidemia da diabetes, este tipo de úlcera é um dos desafios mais caros para os sistemas de saúde.

Os médicos que já estão usando ReGenerCell para ajudar no tratamento de úlceras do pé diabético, relatam resultados positivos. Avita está agora tentando estabelecer formalmente a eficácia do produto – o que deve ajudar a impulsionar as receitas.

avita2
O fluxo de trabalho do processo, que leva cerca de 30 minutos. (Fonte: Avita Medical)

Avita realizou outros estudos com a mesma tecnologia autóloga, e obteve bons resultados em pacientes com úlcera venosa da perna – um outro tipo de ferida crônica da pele.

O tratamento tem mostrado acelerar a cicatrização deixando a pele do paciente com elasticidade, textura e pigmentação semelhantes à da pele circundante.

ReGenerCell funciona desagregando as células da pele, que inicia uma cascata de sinais celulares para a cicatrização de feridas – o efeito “borda livre”. Isso estimula os processos essenciais para a regeneração da pele, tais como a proliferação, migração, angiogênese e remodelação da matriz.

O spray de pele da Avita parece bem posicionado para ajudar significativamente no combate a esta grave complicação da diabetes em um procedimento rápido e eficiente.

 

http://labiotech.eu/


Similar Posts

Topo