Como problemas com a tireoide podem afetar o seu risco de diabetes

hipotiroidismo

Pessoas com uma disfunção da tiroide, ou hipotireoidismo, podem estar em maior risco para diabetes tipo 2, mesmo que os seus níveis de hormônio da tireoide esteja mantido dentro da faixa normal, segundo um novo estudo.

Como os pesquisadores holandeses explicaram, os hormônios da tireoide são essenciais para a regulação do metabolismo – na conversão de alimentos em energia ou gordura. No entanto, a hipoatividade da tireoide retarda o metabolismo, e que pode levar o ganho de peso, disseram os cientistas.

Estudos anteriores sugeriram que o hipotiroidismo está ligado à reduzida sensibilidade à insulina, um precursor da diabetes tipo 2.

No novo estudo de oito anos de duração, uma equipe liderada pelo Dr. Layal Chaker do Erasmus Medical Center, em Rotterdam, acompanhou quase 8.500 pessoas com 65 anos de idade em média.

Todos os participantes fizeram um exame de sangue para medir seus níveis de açúcar no sangue, bem como as sua funções da tiroide. Eles foram reavaliados a cada poucos anos para verificar o aparecimento de diabetes tipo 2. Os registros médicos dos participantes também foram revisados.

Depois de quase oito anos, 1.100 dos participantes desenvolveram pré-diabetes – níveis ligeiramente elevados de açúcar no sangue e 798 desenvolveram a diabetes tipo 2.

A equipe de Chaker descobriu que o baixo funcionamento da tireoide aumentou o risco de diabetes tipo 2 em 13 por cento. As pessoas que tinham uma disfunção da tiroide e pré-diabetes estavam em maior risco de progressão para diabetes tipo 2 – o risco de diabetes tipo 2 foi 40 por cento mais elevado para este grupo.

O estudo só poderia apontar para uma associação entre hipotireoidismo e diabetes, mas não podia provar causa e efeito. No entanto, “estes resultados sugerem que devemos considerar examinar as pessoas com pré-diabetes e que estão com um baixo funcionamento da tireoide”, disse Chaker em um comunicado de imprensa da Endocrine Society.

Os resultados foram programados para serem apresentados no domingo durante a reunião anual da Sociedade de Endocrinologia, em Boston.

“Uma descoberta surpreendente foi que mesmo pessoas cujas funções da tireoide estavam no limite inferior da normalidade, tiveram um risco aumentado de diabetes”, disse Chaker. “Estudos futuros deverão pesquisar se exames e tratamento de hipotireoidismo subclínico [moderadamente baixa função da tireoide] é benéfico em indivíduos em risco de desenvolver diabetes”.

Um especialista disse que a descoberta não foi uma surpresa.

“Há alguma evidência já demonstrada que um baixo funcionamento da tireoide pode aumentar a resistência à insulina”, disse o Dr. Minisha Sood, diretor de setor de pacientes com diabetes no hospital Lenox Hill Hospital, em Nova York. “A maioria dos endocrinologistas procuram diagnosticar doenças da tireoide em pacientes com pré-diabetes e diabetes, porque sabem que a doença da tireoide é mais prevalente nessa população”.

Os especialistas observam que os resultados apresentados nos encontros médicos são geralmente considerados preliminares até publicado em um jornal de artigos científicos.

 

http://news.health.com/


Similar Posts

Topo