Pessoas magras também têm diabetes

pessoa-magra

Apontar o dedo para a gordura dizendo ser esta o principal ou único fator para contrair diabetes tipo 2 é enganoso e errado, além de promover a ideia de que a condição é totalmente auto-induzida, descobriu uma pesquisa da Universidade de Flinders.

Pesquisadora de saúde pública da Flinders  e médica antropóloga, a Dra. Darlene McNaughton concluiu um projeto que estudou como a diabetes está sendo apresentada na pesquisa e na mídia, abrangendo os últimos 15 anos. Ela diz que o peso é cada vez mais evidenciado como a causa principal ou única para o diabetes, e que isto é uma simplificação perigosa.

“Ainda há muita incerteza sobre a etiologia da diabetes e há um número de potenciais fatores de risco em jogo, incluindo o envelhecimento, a diabetes gestacional, a genética, nutrição, a pobreza e a história familiar, muitos dos quais estão além do controle individual”, disse Dra. McNaughton.

“Apesar disso, o sobrepeso e a obesidade estão sendo cada vez mais representados não apenas como fatores de risco, mas também como a causa central da doença”, disse ela.

“Se seus pais tem diabetes, a probabilidade de você desenvolver a doença é alta, alguns sugerem tão alta quanto 70 por cento”.

Nas últimas duas décadas – que coincide com as afirmações de que estamos no meio de uma epidemia de obesidade – ocorreu um aumento na ideia de que o peso ou gordura são as causas do diabetes, quando é muito mais complicado do que isso. Na verdade, na maioria das vezes, um ganho de peso é realmente um sintoma de diabetes.

“No entanto, está sendo promulgado em pesquisa e nos meios de comunicação em geral, que o peso, a obesidade, em particular, está impulsionando as taxas de diabetes para cima. Estão dando ênfase no peso e estilo de vida e minimizando essas coisas que as pessoas não podem controlar, como a genética ou a pobreza”.

Dr McNaughton disse que a pesquisa demonstrou que pessoas obesas têm taxas ligeiramente mais altas de diabetes do que pessoas de peso normal.

“Mas, ao mesmo tempo, há uma enorme quantidade de pessoas obesas ou com sobrepeso que não têm diabetes e que nunca irão ter, porque é mais complicado do que ‘peso igual diabetes'”, disse ela.

Por outro lado, a Dra. McNaughton disse que a presunção de que o peso gera diabetes significa que as pessoas que não estão acima do peso podem pensar que elas estão imunes de contrair diabetes, levando-as a ignorar os sintomas que indicam a doença.

“E é fundamental se você tem diabetes que ele seja logo diagnosticado, para ajudar a evitar as complicações muito graves que podem ocorrer à longo prazo, como cegueira, insuficiência renal ou amputações”.

Dra. McNaughton disse que enquanto a população em geral não identificar a genética como um fator, muitas pessoas continuarão atribuindo a diabetes, principalmente, ao peso, incluindo aquelas com a doença.

“A mensagem dominante que as pessoas com diabetes parecem estar recebendo é “você causou isso para si mesmo, porque você está com sobrepeso ou obesidade, e como resultado de um estilo de vida nada saudável”, disse ela.

“Isso é muito preocupante”.

Pessoas que estão com sobrepeso ou obesas experienciam uma negatividade considerável e pré-julgamentos, além de, freqüentemente, serem vistas como um dreno para o sistema de saúde.

“Tal estigma é quase sempre contraproducente em termos de busca de apoio para o tratamento da diabetes tipo 2”,  disse a Dra. McNaughton.

“A última coisa que queremos é criar uma situação em que as pessoas se sintam envergonhadas por uma condição que tem muitas causas complexas e que ainda realmente não entendemos totalmente, e acabarem por não buscar apoio social ou tratamento”.

As descobertas da Dra. McNaughton foram publicadas na revista Crítica de Saúde Pública, e pode ser vistas aqui .

 

http://www.sciencealert.com.au/


Similar Posts

Topo