Como respirar com Diabetes

respirar-ioga

Eu nunca vou esquecer o momento em que fui diagnosticada com diabetes tipo 1. Minha respiração ficou presa no meu peito, e eu senti como se estivesse me afogando. Irritada e confusa, eu tinha certeza de que tinha feito algo errado. Eu senti a mesma coisa que senti ao ver minha mãe morrer quando tinha apenas 11 anos de idade.

Agora, oito anos depois de meu diagnóstico, vislumbro a diabetes tipo 1 não como uma punição pela má conduta, mas como uma oportunidade. Sendo professora e muito tempo praticante de ioga, sempre fui capaz de encontrar coisas boas dentro dos desafios. Eu gosto de me orgulhar de minha capacidade de adaptação. E tinha certeza de que poderia usar o que eu sabia sobre a ioga para me ajudar a lidar com a diabetes. E porque tinha diabetes por pouco tempo, eu ainda estava no período de lua de mel. Certamente haviam coisas a meu alcance para fazer este período durar.

Daquele dia em diante a ioga tornou-se o meu refúgio, e senti que tinha sorte de ter uma ferramenta para o enfrentamento. A beleza da ioga é que ela é muito mais do que uma prática física. É um sistema antigo que olha para a vida de uma perspectiva holística. Não é apenas sobre o aperfeiçoamento do corpo, é sobre a gestão do sistema de energia que é o corpo.

Para a ioga, respiração é vida, e meu primeiro passo depois do meu diagnóstico foi de me reconectar com a minha respiração. Um professor meu uma vez compartilhou que se você pegar um bloco de madeira e corta-lo com um machado, você vai ficar com pedaços grandes, mas para criar uma obra de arte você vai precisar usar formões finos. O mesmo vale para a prática de ioga. Você pode se exercitar em uma posição da ioga, mas os benefícios mais profundos vêm quando você focar a sua mente na sua respiração enquanto você está nesta posição. Ser capaz de focar a sua mente pode ser uma virada de jogo quando se trata de lidar com o estresse associado com o diabetes. Ao invés de ficar excessivamente preocupado com seus pensamentos sobre sua condição você pode diligentemente treinar a mente para relaxar, uma respiração de cada vez.

Isso foi exatamente como eu me aproximei de minha prática. Acessar a respiração e aprender a respirar plena e profundamente se tornou minha prioridade. Quando meus números da diabetes subiram eu respirei. Quando os números eram baixos também respirei. Quando me senti sobrecarregada, eu respirei. Quando eu quis chorar e gritar e desaparecer, eu respirei.

O que eu descobri foi que, quando se trata de respiração na ioga, não existe uma única maneira. Cada um de nós é único e é importante encontrar uma prática de respiração que se sinta confortável. Alguns se beneficiam com respirações completas que envolvem o diafragma. Outros prosperam concentrando a respiração no peito, e alguns podem se concentrar mais facilmente quando alternam o fluxo através das narinas. Cada tipo de respiração funciona de uma maneira diferente

Respirando plena e profundamente pela barriga é relaxante e calmante. Ela retarda a respiração e rejuvenesce os rins e glândulas supra-renais. Se você é alguém que tem insônia ou experimenta hipervigilância, respiração profunda pela barriga durante uma crise pode fazer toda a diferença.

Estreitando a passagem de ar na garganta e fazendo um som como o oceano dirige a respiração na área do peito. Esta respiração está se concentrando e arrefecendo. Perfeito para lidar com a frustração. Arrefecendo e dispersando energia pode realmente mudar seu estado de espírito.

Alternar o fluxo de ar através de cada narina foi concebido para equilibrar o sistema nervoso. Esta é uma excelente maneira de ficar alerta e relaxado, enquanto ganha um estado de espírito positivo.

Se você não não é praticante de ioga, mas ainda quer colher os benefícios de respirar, aqui está algo que eu faço todos os dias e que me ajuda a enfrentar os muitos desafios de viver com diabetes. Basta levantar os braços na inalação e abaixá-los na exalação, certificando-se durante a respiração de começar e acabar o movimento ao mesmo tempo. Trabalhe com a sua própria capacidade de respiração. Certifique-se de que se sentirá mais aliviado. Não precisa força ou tensão.

Quando eu fui diagnosticada, no inícia a minha respiração me ajudou a chorar e relaxar. Isto abriu o caminho para eu aceitar o meu diagnóstico. Não importa como sua história é, ou como você se sente sobre a sua condição, a ioga e respiração poderá lhe ajudar. Encorajo-vos a aproveitar este momento agora para parar, descansar e respirar.

 

Rachel Zinman é um instrutora sênior professora de ioga e professora com mais de 30 anos de experiência no ensino nacional e internacionalmente. Ela está atualmente concluindo um livro sobre ioga para diabetes. Clique para pré-encomenda do livro . Você também pode saber mais sobre Ioga para Diabetes no blog de ​​Rachel. 

 

http//asweetlife.org/


Similar Posts

Topo