7 Maneiras do açúcar deixá-lo deprimido ou pior

depressao-doce

Pensando em devorar um donut, uma barra de chocolate ou mesmo um grande prato de espaguete? Pense de novo.

Doces, carboidratos e até mesmo alimentos enlatados podem conter açúcar suficiente para alterar seu humor e deixá-lo em depressão, especialmente quando eles fazem parte regular de sua dieta.

Aqui está o porquê:

Pesquisadores da Universidade de Columbia estudaram o impacto que os alimentos com um “alto índice glicêmico” provocavam em mais de 70.000 mulheres que participaram do estudo “Iniciativa de Saúde da Mulher”, um estudo de longo prazo sobre a saúde das mulheres. Eles descobriram que quanto mais elevado o nível de açúcar no sangue da mulher após ingerir o açúcar e grãos refinados como aqueles de massa regular e pão branco, maior o seu risco para a depressão.

E o quão elevado esse nível de açúcar no sangue subia? Bastante elevado. De acordo com um relatório da Universidade da Carolina do Norte, a maioria dos americanos comem uma média de 300 calorias em adição de açúcar todos os dias; cerca de 20 por cento dos americanos ultrapassam 700 calorias de açúcar adicionado diariamente.

Isso corresponde a uma xícara de açúcar, o suficiente para afetar de forma mensurável a nossa saúde, o nosso peso e, sim, o nosso humor, bem como criar outros problemas de saúde.

Aqui estão 7 maneiras específicas do açúcar poder lhe deixar deprimido

Alguns fatores são psicológicos e outros são gatilhos para a depressão fisiológica real.

  1. Faz você se sentir culpado. Quem entre nós não sente, pelo menos, uma pontada de culpa após consumir uma taça de sorvete ou um pacote de M & Ms? Você se perdoaria após saciar o seu desejo de biscoitos ou tortas, mesmo sabendo que isto não faz parte de sua dieta ou não é saudável o suficiente?
  2. Muito açúcar aumenta a inflamação por todo o corpo e no cérebro, o que poderia agravar a depressão. Um estudo publicado descobriu que a inflamação cerebral era 30 por cento maior em pacientes clinicamente deprimidos; inversamente, os pacientes que foram capazes de baixar os níveis de inflamação reduziram seus sintomas de depressão.
  3. Pode aumentar a sua pressão arterial e o risco de doenças cardíacas. “A doença cardiovascular é a principal causa de mortalidade prematura no mundo desenvolvido, e hipertensão arterial é o fator de risco mais importante”, relatou Open Heart, um jornal que publica pesquisas sobre medicamentos cardiovasculares. “Evidências de estudos epidemiológicos e estudos experimentais em animais e humanos sugerem que os açúcares adicionados, principalmente frutose, podem aumentar a pressão arterial e variabilidade da pressão arterial, causar o aumento da freqüência cardíaca e da demanda de oxigênio do miocárdio, e contribuem para a inflamação, resistência à insulina e disfunção metabólica mais ampla”. Coma muito açúcar e seu risco de morrer de doença cardíaca triplica. Alguém se arrisca?
  4. Pode causar-lhe acne. Quem não acha que acnes e espinhas são um infortúnio? Quanto mais doces e refrigerantes você consome, mais inflamação pode ter, e inflamação sistêmica pode desencadear acne. Mudar para água filtrada aromatizada com um toque de limão  pode ser uma boa pedida.
  5. A adição de açúcar pode causar diabetes, o que pode tornar pior a depressão. Dr. Robert Lustig, autor de “Uma chance para o obeso: Conseguindo o Improvável contra o açúcar, alimentos processados, obesidade e doença”, constatou que comer 150 calorias de açúcar adicionado eleva em 11 vezes a propensão para o desenvolvimento de diabetes tipo 2, em relação ao consumo de 150 calorias de proteína ou gordura. O Instituto Nacional de Saúde diz que, “Além de possivelmente aumentar o risco de depressão, diabetes pode tornar os sintomas da depressão ainda pior. O estresse causado pela gestão da diabetes a cada dia e os efeitos da diabetes no cérebro podem contribuir para a depressão. A população dos Estados Unidos com diabetes são duas vezes mais propensas que a pessoa sem diabetes a ter depressão”.
  6. Pode prejudicar sua memória. Uma dieta rica em açúcar afetou a capacidade de aprendizado e lembrança dos animais de laboratório. Os cientistas acreditam haver uma conexão entre comer muito açúcar com deficiências cognitivas em pessoas. Mesmo que não leve à depressão clínica, perder a capacidade de lembrar nomes, datas importantes e outros dados do dia-a-dia pode ser bastante desanimador.
  7. Ele pode fazer você ganhar peso. A ligação entre bebidas açucaradas e ganho de peso tem sido relacionado com frequência. E ainda tem a ligação entre o sobrepeso, obesidade e depressão. Estudos mostram que pessoas obesas possuem cerca de 25 por cento mais probabilidade de sofrer um transtorno de humor, como depressão, em comparação com aquelas que não são obesas. A obesidade pode causar baixo auto-imagem, baixa auto-estima e isolamento social, todos contribuintes conhecidos para a depressão.

O que você pode fazer se você ainda quiser desfrutar de doces e carboidratos, mas se manter saudável e feliz?

  • Não consuma mais do que seis colheres de chá de açúcar em sua dieta em um dia. Manter o consumo global de açúcar inferior a 5 por cento do total de calorias diárias é o que recomenda a Organização Mundial de Saúde.
  • Coma doces de vez em quando, em vez de todos os dias. Eles realmente devem ser um prazer, não uma parte regular de sua dieta.
  • Evite petiscar na frente da televisão ou do computador. Comer despercebidamente petiscos calóricos é uma maneira fácil de consumir muito açúcar
  • Fique atento sobre quanto açúcar você adiciona à sua dieta em um dia. Não se preocupe com frutas e vegetais naturais, mas cuidado com o açúcar que você adicionar ao seu café, cereais que possam conter adição de açúcar ou xarope de milho de alta frutose, alimentos processados ​​que contenham xarope de milho de alta frutose e produtos de padaria processados ​​feitos com farinha branca e açúcar .
  • Não substitua o açúcar “real” com adoçantes artificiais. Um estudo da Northwestern Ohio University, relata o New York Post, constatou que o aspartame, um adoçante artificial comum, na verdade deixou as pessoas mais deprimidas, até mesmo ao ponto de desenvolver pensamentos suicidas.
  • Adicione mais frutas (não suco de fruta, que tem níveis elevados de açúcar), legumes e cereais integrais em sua dieta. O mesmo estudo que ligava o alto consumo de açúcar com a depressão descobriu que a mulher que faz uma dieta rica em grãos e produtos integrais reduz o risco de depressão. Então, à partir de agora, comida italiana só com massas integrais, por favor.

 

 http://www.care2.com/


Similar Posts

Topo