Invokana pode aumentar o risco de fraturas ósseas, diz novo alerta do FDA

invokanasHá vários meses, o FDA advertiu que os inibidores de SGLT2, como Invokana, podem causar cetoacidose diabética, uma condição que ocorre quando não há insulina suficiente no corpo. E agora, uma droga cujos benefícios já foram louvados, recebeu novo revés.

A FDA reforçou o alerta para o medicamento de diabetes tipo 2 canagliflozin (Invokana, Invokamet) relacionando-os com o aumento do risco de fraturas ósseas, e acrescentou novas informações sobre a densidade mineral óssea diminuída. Para responder a estas preocupações de segurança, o FDA acrescentou um novo aviso e precauções e revisou a seção de Reações Adversas dos rótulos das drogas Invokana e Invokamet.

Canagliflozin é um medicamento de prescrição usado em conjunto com dieta e exercício para baixar o açúcar do sangue em adultos com diabetes tipo 2. Ele pertence a uma classe de medicamentos chamados inibidores cotransportador-2 (SGLT2) de glicose sódio. Canagliflozin está disponível como um produto de ingrediente único sob a marca Invokana e também em combinação com a metformina medicamento para a diabetes, sob a marca Invokamet. A densidade mineral óssea refere-se à resistência dos ossos de uma pessoa.

O FDA está continuando a avaliar o risco de fraturas ósseas de outras drogas da classe inibidor de SGLT2, incluindo dapagliflozina (Forxiga, Xigduo XR) e empaglifozin (Jardiance, Glyxambi, Synjardy), para determinar se são necessárias mudanças de rótulo ou novos estudos. Os profissionais de saúde e pacientes são aconselhados a relatar efeitos colaterais envolvendo inibidores de SGLT2 canagliflozin ou outros para o programa FDA MedWatch.

RECOMENDAÇÕES

Os profissionais de saúde devem considerar fatores que contribuem para o risco de fratura antes de iniciar os pacientes em canagliflozin. Os pacientes devem conversar com seus profissionais de saúde sobre os fatores que podem aumentar o risco de fratura óssea. Os pacientes não devem parar ou mudar seus medicamentos para a diabetes sem primeiro falar com o seu médico.

Informações complementares para os pacientes

Não pare ou mude seus medicamentos para a diabetes sem primeiro falar com o seu profissional de saúde. Quando não tratada, a diabetes pode conduzir a problemas graves, incluindo a cegueira, danos nos rins e dos nervos, e doença cardíaca.

 

http://asweetlife.org/


Similar Posts

Topo