Médicos revertem diabetes tipo 1 de paciente utilizando nova técnica

Wendy Peacock – primeira paciente à se submeter ao BioHub da Universidade de Miami.

Milhões de pessoas em todo o mundo sofrem de diabetes tipo 1 e os médicos do Instituto de Pesquisas do Diabetes da Universidade de Miami estão esperançosos de que um novo procedimento vai mudar a maneira como o diabetes será tratado.

Wendy Peacock sofreu de diabetes tipo 1 na maior parte de sua vida adulta. Ela disse que a diabetes tornou-se tão ruim que ela não poderia mais viver sozinha e cuidar de seu filho de 5 anos de idade. Ela disse que seu açúcar no sangue caía muito rapidamente e sempre causava uma perda de consciência.

“Você nunca se esquece de que tem diabetes. Você não pode. Ela sempre está lá”, disse Peacock. “Eu gostaria que fosse fácil controlá-la, como tomar algumas injeções e está resolvido para o resto do dia, mas infelizmente não é assim”.

No mês passado, Peacock se tornou a primeira paciente a receber um procedimento de transplante em Miami no Instituto para Pesquisas do Diabetes. Os médicos disseram que o procedimento é uma nova técnica que faz com que as células da ilhota produza insulina. As células foram implantadas em um revestimento de órgãos abdominais de Peacock e destina-se a imitar o pâncreas, a fim de restaurar a produção natural de insulina.

Uma vez realizado o procedimento, os níveis de glicose do Peacock mantiveram-se saudáveis e ela pode agora levar um estilo de vida em que ela não tem que depender dos outros.

“Eu posso ir para dormir à noite e não me preocupar se meu açúcar no sangue vai cair, e isso é quase como que tirar um grande peso de cima de mim”, disse Peacock.

Os médicos disseram que Peacock está indo bem e ter ficado impressionados com o sucesso de sua cirurgia. Dela foi totalmente retirado o tratamento com insulina.

video platformvideo managementvideo solutionsvideo player

http://www.local10.com/


Similar Posts

Topo