Maioria dos idosos não têm diabetes sob controle

Apenas um terço dos idosos americanos com diabetes têm a sua doença sob controle, segundo um novo estudo.

Cumprimento dos objetivos clínicos

“Esta pesquisa nos dá uma boa visão acerca do controle de diabetes em adultos mais velhos e nos leva a pensar sobre as causas das pessoas mais idosas não estarem cumprindo suas metas clínicas e como devemos lidar com isso dentro de uma perspectiva de saúde pública”, disse a líder do estudo, Elizabeth Selvin, uma professora de epidemiologia da Escola Johns Hopkins Bloomberg de Saúde Pública, em Baltimore, em uma nota de imprensa da escola.

O estudo incluiu quase 1.600 pacientes com diabetes, com idades entre 65 e mais velhos, em Maryland, Minnesota, Mississippi e Carolina do Norte. Os pesquisadores analisaram se os participantes atingiram as diretrizes da American Diabetes Association (ADA) por três medidas-chave para um bom controle do diabetes: o nível de açúcar no sangue, pressão arterial e níveis de colesterol.

Os resultados mostraram que apenas um em cada três pacientes tinham a diabetes controlada, tal como definido pelas orientações da ADA. Alguns especialistas consideram as diretrizes da ADA demasiado exigente para os idosos. Mas, mesmo com medidas menos rigorosas, os pesquisadores descobriram que muitos dos pacientes não estavam com seus diabetes sob controle.

“Há um enorme debate sobre metas clínicas adequadas para diabetes em adultos mais velhos, particularmente para o controle da glicose. Estariam alguns adultos mais velhos sendo tratados em excesso? Estariam alguns deles sendo subtratados? Estas são perguntas para as quais não temos respostas”, disse Selvin.

Outros problemas de saúde

O estudo também descobriu disparidades raciais significativas, particularmente em mulheres, na forma como diabetes é controlado. As mulheres negras eram muito menos propensas do que as mulheres brancas em obter o controle dos níveis de açúcar no sangue, pressão arterial e colesterol, disseram os pesquisadores.

Uma razão pela qual os idosos com diabetes podem ter mais dificuldade em manter a sua doença sob controle é que muitos deles têm outros problemas de saúde que podem exigir uma atenção mais imediata de médicos, de acordo com a co-autora Christina Parrinello, que também está na Johns Hopkins Bloomberg Escola de Saúde Pública.

Parrinello notou que muitas das complicações associadas com um controle pobre da diabetes demoram muito tempo para se desenvolver, possivelmente mais tempo do que a expectativa de vida de um paciente com outras doenças na vida.

Deixar de manter o diabetes sob controle aumenta o risco de problemas de saúde de longo prazo tais como danos nos nervos, cegueira e doença renal, disseram os pesquisadores.

http://www.health24.com/


Similar Posts

Topo