Dieta vegana alivia a dor da neuropatia diabética

Uma dieta baseada em vegetais pode promover um alívio a aquelas pessoas com diabetes que sofrem com dor do nervo, uma possível consequência desta condição. Também reduzem o risco de perder um membro, de acordo com um pequeno estudo realizado.

Mais da metade dos adultos com diabetes do tipo 2 podem desenvolver neuropatia diabética, um tipo de dano nos nervos resultante da má circulação sanguínea e níveis elevados de glicose no sangue. A neuropatia diabética pode levar a úlceras e outras infecções nas pernas e pés, e é a principal causa de amputação de membros para as pessoas com diabetes.

Não há cura para a neuropatia diabética; os médicos costumam tratar a dor com medicação e aconselhar o paciente a manter-se vigilante sobre a limpeza de feridas para evitar infecções.

Agora, em um novo estudo baseado em trabalho anterior sugerindo que uma dieta vegana baseada em vegetais, poderia ser tão eficaz quanto a medicação para o tratamento de diabetes, pesquisadores colocaram 17 adultos com sobrepeso e também com neuropatia diabética em uma dieta de baixa gordura por 20 semana. Esta dieta dava ênfase ao consumo de vegetais frescos, sendo rica em fibras, carboidratos complexos, como grãos e cereais integrais. Os participantes também assistiram a aulas semanais de nutrição e tomavam um suplemento de vitamina B12, nutriente que é importante para a função do nervo propriamente dito, mas naturalmente encontrado apenas em produtos animais.

Em comparação com um grupo de 17 adultos que receberam suplementos de vitamina B12, mas mantiveram a sua dieta atual, não-vegana controle, o grupo que se valia da dieta vegana relatou melhorias significativas no alívio da dor. Os testes também revelaram melhora da função dos nervos e circulação, e estes participantes perderam 7 quilos, em média.

Muitas pessoas neste grupo de intervenção também viu melhorias na capacidade de seus corpos em controlar seus níveis de glicose, ou açúcar no sangue, o que então lhes permitiu diminuir a dose de seus medicamentos para diabetes.

O estudo aparece hoje (25 de maio) na revista Nutrition & Diabetes e foi conduzido por médicos e nutricionistas do Comitê de Médicos para uma Medicina Responsável (PCRM), uma organização sem fins lucrativos que promove a medicina preventiva e uma dieta vegana.

“Nossa hipótese é que, aumentando a sua sensibilidade à insulina e melhorando os níveis de açúcar no sangue, você está permitindo que seu corpo corrija o dano do nervo”, disse Cameron Wells, nutricionista registrado no PCRM e um dos autores do estudo.

Wells descreveu o sangue com altos níveis de glicose como sendo “grosso” e incapaz de fornecer nutrientes para as terminações nervosas.

Normalmente, a glicose é obtida à partir de carboidratos e o hormônio insulina, secretado pelo pâncreas, a conduz para as células, onde é usada como combustível. Mas em pessoas com diabetes do tipo 2, a insulina não pode transportar eficientemente a glicose do sangue para as células por razões não completamente compreendidas. Assim, o sangue torna-se carregado com glicose.

A manutenção de um nível de glicose saudável é chamado controle glicêmico.

“O controle glicêmico tem demonstrado prevenir o desenvolvimento e / ou a progressão da neuropatia diabética”, escreveu o Dr. David Simpson, professor de neurologia no Hospital Mount Sinai, em Nova York, que não participou no estudo, para o Ciência Viva em um email. “Além disso, os programas de dieta e exercício, com meta na perda de peso, auxilia no controle glicêmico e reduz a progressão da neuropatia diabética”

Um estudo publicado em 2002 no New England Journal of Medicine, pesquisadores da Universidade George Washington descobriram que as mudanças de estilo de vida – dieta e exercício – eram duas vezes mais eficaz no controle da diabetes do que a principal droga para o diabetes, a metformina.

Muitos dos participantes do novo estudo disseram aos pesquisadores terem ficado impressionados com a rapidez com que perderam peso e melhoraram seu controle glicêmico sob a dieta baseada em vegetais, disse Wells ao Ciência Viva.

“É sempre muito gratificante ver as reações de nossos pacientes indicando: “Eu realmente estou fazendo algo que parece estar funcionando”, disse Wells.

No entanto, o novo estudo foi limitado pelo fato dos pesquisadores não poderem ter determinado qual elemento da dieta de baixo teor de gordura, baseada em vegetais, conduziu às melhorias observadas. Pode ser que simplesmente perder peso – se bem que não é tarefa fácil para muitos – foi o principal contribuinte para a redução da dor causada pela neuropatia, escreveram os pesquisadores.

Os Centros para Controle e Prevenção de Doenças estima que o custo anual direto do tratamento do diabetes é mais do que 175 bilhões de dólares só nos EUA. No novo estudo, os pesquisadores notaram que o custo de uma dieta rica em verduras e outros alimentos vegetais está bem ao alcance da maioria dos orçamentos.

http://www.livescience.com/


Similar Posts

Topo