Não consegue perder peso? A culpa pode ser de seu metabolismo

Um novo estudo confirma o que muitos obesos frustrados já suspeitam: o metabolismo pode tornar mais difícil para você perder o mesmo peso que outros.

“Os resultados corroboram a ideia de que algumas pessoas que são obesas podem ter de fazer maior esforço  para perder peso devido a diferenças metabólicas”, disse o principal autor do estudo, o Dr. Martin Reinhardt, um pós-doutorado na Phoenix Epidemiology and Clinical Research, Filial do Instituto Nacional de Diabetes e Doenças Digestivas e Renais dos EUA.

“Mas a biologia não é destino. Dieta equilibrada e atividade física regular durante um longo período pode ser muito eficaz para a perda de peso”, acrescentou o instituto em um comunicado à imprensa.

O pequeno estudo de laboratório incluiu 12 homens obesos e mulheres que foram submetidos a testes para avaliar o uso da energia do seus corpos em resposta a um dia de jejum. Isto foi seguido por seis semanas de ingestão reduzida de calorias.

Depois de levar em conta fatores como idade, sexo e raça, os pesquisadores descobriram que os participantes que perderam a menor quantidade de peso durante as seis semanas de reduzida ingestão de calorias foram aqueles cujo metabolismo diminuiu mais durante o jejum.

Essas pessoas têm o que os pesquisadores chamaram de metabolismo “econômico”, em oposição ao metabolismo “perdulário” de alguns participantes que perderam mais peso e cujo metabolismo diminuiu menos durante o jejum.

“Quando as pessoas que são obesas diminuem a quantidade de comida que elas comem, respostas metabólicas variam muito, com um metabolismo” parcimonioso “possivelmente contribuindo para perder menos peso”, disse a co-autora Susanne Votruba, uma pesquisadora na filial Phoenix, em um comunicado de imprensa.

“Embora fatores comportamentais, tais como a adesão a dieta afete a perda de peso em determinada extensão, nosso estudo sugere que deveríamos considerar uma visão maior, que incluiria a fisiologia do indivíduo, visto que para haver uma maior perda de peso, o metabolismo econômico não ajuda”, disse ela.

O estudo foi publicado 11 de maio na revista Diabetes .

Não se sabe se as pessoas nascem com diferentes respostas metabólicas ao diminuir a ingestão de calorias ou se elas se desenvolvem ao longo do tempo. Mais pesquisas são necessárias para determinar se essas respostas individuais podem ser usadas ​​para evitar o ganho de peso, disseram os autores do estudo.

“O que nós aprendemos com este estudo pode um dia permitir uma abordagem mais personalizada para ajudar as pessoas que são obesas a atingir um peso saudável”, disse o Dr. Griffin Rodgers, diretor do Instituto de Diabetes e Doenças Digestivas e Renais, em uma nota.

Mais de um terço dos adultos americanos são obesos, o que os coloca em maior risco de doença cardíaca, diabetes e alguns tipos de câncer.

http://news.health.com/


Similar Posts

Topo