ADA divulga novas recomendações para tratamento da diabetes: 3 coisas que os médicos precisam saber

Recomendações para uma nova prática clínica baseada em evidências foram divulgadas pela American Diabetes Association (ADA) e abrangem três áreas de tópicos importantes que podem afetar a maneira a qual os médicos de cuidados primários cuidam de seus pacientes com diabetes.

De acordo com um comentário publicado em Annals of Internal Medicine, os padrões da ADA de cuidados médicos em Diabetes coloca o paciente no “centro das atenções” com recomendações individualizadas.

Três revisões ou novos temas são de interesse substancial para endocrinologistas que cuidam de pacientes com diabetes.

  1. Em primeiro lugar, um novo índice de massa corporal (IMC), pontos de corte para o pré-diabetes e rastreio de diabetes tipo 2 estão sendo recomendados para pacientes asiáticos, que tendem a ter mais gordura visceral, mesmo com um menor IMC.
  2. Em segundo lugar, as metas de glicose no sangue devem ser baseadas na idade do paciente, comorbidades, expectativa de vida, motivação e preferências do paciente.
  3. Finalmente, os médicos devem tratar do risco cardiovascular do paciente com estatinas, e não se concentrar apenas em metas numéricas, tais como pressão arterial sistólica e diastólica.

http://phys.org/


Similar Posts

Topo