Seis coisas que pacientes diagnosticados com diabetes tipo 2 deveriam ouvir logo após o diagnóstico

diagnose-tipo2-600x337

A Associação Americana de Educadores de Diabetes (AAED) gostaria que os médicos retransmitissem seis fatos aos seus pacientes que são confrontados com o desafio de aprender a gerir as suas diabetes tipo 2 .

De acordo com o AAED, é importante explicar os fundamentos básicos para um paciente quando ele ou ela é diagnosticado pela primeira vez com diabetes, tais como o que causa a doença, quais são as opções de tratamento, e como monitorar a glicose. No entanto, os pacientes podem não estar prontos para ouvir estas informações sem ter algumas coisas esclarecidas pela primeira vez.

1. O paciente não tem culpa

A AAED incentiva os médicos a dizerem a seus pacientes que há muitos fatores que causam diabetes, incluindo fatores genéricos. Embora nem todas as causas são genéricas, tais como estresse, sedentarismo e ganho de peso, estes fatores podem ser melhorados para aumentar a saúde.

2. Não há necessidade de pânico

Os pacientes devem ser assegurados de que as complicações graves da diabetes, incluindo amputações, podem ser evitadas. A AADE alerta aos profissionais de saúde para perguntar aos seus pacientes o que eles sabem sobre a doença, a fim de esclarecer quaisquer equívocos.

3. Doces ainda são permitidos

Doces ainda são permitidos, mas a AAED lembra que os pacientes precisam controlar sua ingestão, assim como todo mundo deveria, mesmo aqueles que não têm diabetes.

4. Pequenas mudanças no estilo de vida fazem a diferença

Optar por usar as escadas ao invés do elevador, parar seu automóvel na extremidade do estacionamento, são hábitos que os pacientes devem aprender. Eles precisam saber que não é necessário correr uma maratona para reduzir os seus níveis de glicose. A AAED sugere que os médicos digam a seus pacientes que pequenas mudanças têm grandes retornos, contribuindo para a perda de peso e fortalecimento do coração, ossos e músculos.

5. Educadores, grupos, associações de diabéticos, e não apenas médicos, estão disponíveis para apoio

A AAED recomenda aos pacientes consultarem um educador ou associação próxima à sua residência para um apoio extra. Os profissionais de saúde devem informar os pacientes que educadores de diabetes são os profissionais que podem desenvolver um plano de gestão de diabetes personalizado, que é coberto pela maioria dos planos de seguros autorizados. Educação em diabetes tem sido comprovado ajudar a controlar o peso e reduzir os níveis de colesterol e pressão arterial.

6. O paciente não está sozinho

Como o paciente é susceptível de se sentir sobrecarregado, a AAED lembra aos médicos para tranquilizar seus pacientes, pois eles têm uma equipe de profissionais de saúde ao seu lado. Os pacientes também devem ser encaminhados para uma pessoa ou grupo de apoio online.

 

http://www.healio.com/


Similar Posts

Topo