Prevalência de Edema Macular Diabético ligado à raça e duração da diabetes

O edema macular diabético é a maior causa de cegueira entre pessoas com idade economicamente ativa. Ele ocorre como resultado do excesso prolongado de açúcar no sangue. Isso faz com que os vasos sanguíneos dos olhos absorvam mais líquido, levando ao inchaço da retina e prejudicando sua função.

Quando os vasos sanguíneos dos olhos acumulam líquidos, eles ficam inchados e afrouxam as junções entre as células das paredes dos vasos sanguíneos. Na medida em que as junções se afrouxam, os líquidos dentro dos vasos sanguíneos vazam para os tecidos em volta da retina e próximos à mácula, formando o edema macular diabético.

A prevalência do Edema Macular Diabético (EMD) está fortemente correlacionado com raça, duração da diabetes e nível de glicose no sangue, de acordo com os resultados de um novo estudo.

Os pesquisadores analisaram fotografias da retina de 1.038 pacientes diabéticos com 40 anos de idade e mais velhos, que foram incluídos na pesquisa realizada entre os anos de 2005-2008 pela National Health. O status da diabetes, a espessura da retina e dados demográficos foram também avaliados.

Os resultados mostraram que 55 dos 1.038 pacientes tiveram EMD, o que correspondeu a uma prevalência global de 3,8%, ou cerca de 746 mil pessoas entre a população norte-americana de 40 anos de idade ou mais, de acordo com os pesquisadores.

Os pesquisadores descobriram que a idade e o sexo não tiveram influência sobre a prevalência de EMD. No entanto, a prevalência foi maior em negros não-hispânicos do que em brancos não-hispânicos, bem como em pacientes que já tinham diabetes por pelo menos 10 anos e naqueles com níveis de hemoglobina glicada A1c elevadas.

A prevalência de EMD também foi maior em hispânicos do que em brancos não-hispânicos, mas a diferença foi insignificante, de acordo com os pesquisadores.

http://www.healio.com/


Similar Posts

Topo