Consumir proteína de soro de leite todos os dias pode ajudar a parar o diabetes tipo 2

Por menos de R$ 3 por dia, soro de leite pode ajudar a milhões que sofrem de diabetes tipo 2

Milhões de pessoas com diabetes tipo 2 poderiam administrar a sua condição por menos de R$ 3  por dia, simplesmente consumindo proteína de soro antes do café da manhã.

Pesquisa inovadora mostra que apenas uma pequena quantidade da proteína do soro do leite reduz picos de açúcar no sangue após as refeições e também melhora a resposta da insulina no corpo.

Quase três milhões de britânicos sofrem de diabetes tipo 2, em que o organismo não produz insulina suficiente ou não consegue funcionar adequadamente.

Os pesquisadores descobriram que a proteína do soro de leite, muito utilizada por atletas e levantadores de peso para melhorar a aptidão, estimula a produção de um hormônio intestinal, glucagon-like peptide-1 (GLP-1), que aumenta a eficácia da insulina.

O estudo, realizado por pesquisadores em Israel e publicado na revista Diabetologia, envolveu 15 pessoas com diabetes tipo 2 controlado que só estavam tomando os medicamentos sulfonilureia ou metformina para a condição.

Constatou-se que aqueles que consumiam o soro – vendido na maioria das lojas de produtos naturais – antes do almoço viu um aumento imediato na produção de insulina.

A professora Daniela Jakubowicz, da Universidade de Tel Aviv, disse: “O consumo de proteína de soro de leite, pouco antes do café, aumentou a secreção de insulina pós-refeição precoce e tardia, a melhoria de GLP-1 e redução dos níveis de respostas pós-refeição de açúcar no sangue em pacientes diabéticos tipo 2.

“A proteína do soro pode, portanto, representar uma nova abordagem para melhorar as estratégias de redução da glicose na diabetes tipo 2”.

A professora Jakubowicz disse que tal tratamento seria barato e fácil de administrar, com pacientes capazes de usar qualquer marca de concentrado proteico de soro de leite, que não tem adição de açúcar ou de outros nutrientes.

Charity Diabetes UK, um instituto de assistência à pessoas com diabetes no Reino Unido, deu à investigação uma recepção cautelosa, mas alertou que a realização de exercícios físicos e a manutenção de uma dieta saudável permanece crucial.

O Gerente de Comunicações Dr. Richard Elliott disse: “Embora interessante, estes resultados não fornecem fortes evidências de que a ingestão de proteína de soro de leite antes das refeições seja uma forma eficaz para melhorar a gestão de glicose no sangue em pessoas com diabetes tipo 2. Maiores estudos serão necessários para nos ajudar a entender os potenciais benefícios desta abordagem à longo prazo”.

O estudo israelense envolveu doentes que tomavam 50g de proteína de soro em 250ml de água ou um placebo de apenas água, seguido por um café da manhã padronizado. Os níveis de glicose foram reduzidas em 28 por cento depois do café para aqueles que tomaram a proteína de soro de leite.

A insulina e peptídeo-C, como um grande bloco de insulina, tiveram respostas significativamente maiores – em 105 por cento e 43 por cento.

A resposta de insulina pela manhã – nos primeiros 30 minutos após o café – foi de 96 por cento maior. Os pesquisadores disseram que isso é especialmente importante, já que a perda de resposta precoce de insulina é a deficiência mais importante na diabetes e um dos principais contribuintes para o aumento da glicose no sangue pós-prandial.

Um estudo de mais longo prazo está sendo considerado, para ver se os efeitos são duradouros.

http://www.express.co.uk/


Similar Posts

Topo