4 razões pelas quais você não está perdendo peso

Se você já tentou dietas, academias e até mesmo pílulas para queimar a sua gordura, e a única coisa que ficou mais magro foi a sua carteira, você não está sozinho.

Mais de dois terços dos adultos norte-americanos e um terço das crianças com idades entre 6 a 19 estão com sobrepeso ou obesos.

Muitas pessoas, não importa o quão motivados estão, se sentem melhor ao evitar os riscos que vêm com excesso de peso – incluindo fadiga, pressão alta, diabetes, colesterol alto, alterações menstruais e câncer de mama – porém não conseguem alcançar o peso almejado apesar do grande esforço e dos melhores produtos que a indústria da perda de peso que movimenta cerca de US $ 60 bilhões ao ano tem para oferecer.

Você já deve saber o básico, ou seja, limitar a ingestão de calorias e exercício moderado. Se eles não funcionam, é hora de levá-la ao próximo nível. Aqui estão quatro obstáculos comuns que podem se interpor entre você e o novo você.

1 – Baixa massa muscular

O exercício, parte fundamental da manutenção do peso ideal, exige força muscular. Dietas de baixa caloria pode reduzir a massa muscular, deixando-os mais finos, e de fraca potência. É preciso exercícios de resistência e consumir de 60 a 90 gramas de proteínas por dia, para ganhar e manter a massa muscular.

Se isso não funcionar, não importa o quão árduo você tente, o problema pode ser a má absorção de proteína. Os sinais podem incluir  problemas digestivos, gases e inchaço. Mudanças na dieta e visitar o seu médico com frequência pode resolver isso.

2 – Açúcar no sangue

A hipoglicemia, o açúcar no sangue abaixo do normal, pode causar fadiga, frustração, depressão e fraqueza.  Açúcar no sangue pode fazer com que você devore um carboidrato como um donut. Os carboidratos irão ajudá-lo a se sentir melhor com o aumento de açúcar no sangue por um tempo, mas depois quando o nível estiver baixo novamente os sintomas retornam. É como estar em uma montanha russa. Ânsias pelos doces costuma sabotar muito uma dieta.

A solução pode ser simplesmente substituir por alimentos mais saudáveis, como por exemplo um pedaço de fruta em vez da bomba de açúcar. Se isso não funcionar, há dietas com abordagens naturopatas que ajudam a estabilizar o açúcar no sangue e reduzir o desejo.

3 – Alergias

Alergias, como o açúcar no sangue, podem resultar em sintomas de mudança de humores, incluindo letargia. Testes de alergia podem não identificar com segurança os causadores, mas outras estratégias, incluindo dietas de eliminação de alimentos pode ser útil. Pode demorar uma semana para se notar a diferença depois de remover um alérgeno de sua dieta ou ambiente. O seu médico ou um alergista poderá lhe ajudar.

4 – Dores articulares

Quando seus joelhos, costas ou outras articulações machucam, você ficará mais interessado no conforto e comida do que no treino. Infelizmente, os alimentos ricos em gordura que você irá ingeri para seu consolo pode contribuir para suas dores. Uma dieta anti-inflamatória é algo excelente para se começar. O seu médico ou um nutricionista pode ser de grande ajuda.

A perda de peso é possível. Aproveite a opinião de um especialista, se você precisar dele.

Depois de encontrar a estratégia que funciona, incluindo exercícios e planos de dieta que você gosta, tente ficar com eles, pois você vai começar a sentir e parecer melhor. E você provavelmente irá viver por mais tempo.

Dan Labriola, ND: DrLabriola@nwnaturalhealth.com. Labriola é diretor da Clínica Northwest Especializada  emCuidados de Saúde Natural e diretor médico dos serviços de naturopatia, Instituto do Câncer do Swedish Medical Center.  O site da clínica é nwnaturalhealth.com.

http://seattletimes.com/


Similar Posts

Topo