Motivos que fazem do pão um vilão


1. Diabetes

A nutricionista Paula Crook explica que o pão branco é composto basicamente de farinha processada (carboidrato simples) “que tem ação semelhante a do açúcar, podendo levar a uma resistência à insulina e, futuramente, diabetes”.

2. Não promove saciedade e provoca inchaço

Ainda de acordo com Paula Crook, o pão branco é pobre em nutrientes e não contém fibras em sua composição. “Ou seja, seu consumo não promove saciedade. O fermento biológico também é engordativo e provoca inchaço”, diz. “Por isso, é recomendado que se opte sempre pelo pão integral, rico em fibras e, se possível, em grãos, que trarão saciedade e equilibrarão a compulsão, sem ganho de peso ou prejuízos ao corpo”, destaca a nutricionista. Paula reforça que o pão integral apresenta melhor qualidade nutricional do que o pão branco, por possuir farinhas não refinadas.

3. Ricos em carboidratos e podem levar ao ganho de peso

Paula Crook destaca que qualquer tipo de pão apresenta ingredientes ricos em carboidratos, seja na versão integral, sem glúten ou com farinha branca. “O consumo exagerado de carboidrato sem um aumento do gasto energético é transformado em gordura. Ou seja, a pessoa ganhará peso”, explica. Assim, vale ressaltar que nem mesmo os pães integrais devem ser consumidos em excesso.

4. A maioria dos pães possui glúten 

O glúten é uma proteína encontrada no trigo, aveia, centeio e cevada. A nutricionista Paula explica que para algumas pessoas, os chamados celíacos, a ingestão dessa proteína é prejudicial à saúde, causando reações alérgicas. “No entanto, não é só o celíaco que se beneficia ao não ingerir produtos que contenham glúten. Pesquisas sugerem que a ingestão frequente de grandes quantidades da proteína por pessoas hipersensíveis afetam algumas funções do corpo, podendo causar alguns sintomas como: constipação intestinal, rinite, asma, artrite, dermatite, alterações de humor, ansiedade e depressão”, explica a profissional.

5. Muitos pães possuem açúcar

Pouca gente sabe, mas muitos pães possuem açúcar em sua composição, o que, claro, pode ser prejudicial à saúde. “O açúcar refinado não tem nenhum valor nutricional. Seu consumo eleva a glicemia rapidamente, aumentando a insulina e, consequentemente, o depósito de gordura no organismo. Além disso, ele está associado ao aumento de doenças inflamatórias, desequilíbrio da microflora intestinal, aumento da proliferação das bactérias e fungos no organismo”, destaca a nutricionista Paula Crook.

http://www.oparana.com.br/


Similar Posts

Topo