Férias – Dicas de alimentação para diabéticos

 

Gerenciar sua diabetes pode ser mais desafiador durante as férias, com doces tentadores que bombardeiam os sentidos nas festas e refeições em família.

Comer bem e monitorar seus sintomas são a chave, então respire fundo e prepare-se agora para os desafios de uma alimentação saudável nestas férias.

O que comer 

Você não pode sempre controlar o que você come sendo um convidado, mas você pode ter certeza de que a sua dieta em outras refeições poderá ser de alto nível.

Fibra
Coma muita fibra insolúvel (aquela fibra que não se dissolve em água) para regular a glicose. O consumo de alimentos ricos em fibras como cevada, cenoura, aveia, legumes, feijão, cebolas, ervilhas e lentilhas, têm sido associado com melhor controle de glicose no sangue, e para a saúde à longo prazo são ainda melhores do que os suplementos de fibra solúvel.

Outros bons alimentos contendo fibras são farelo de trigo, pães integrais, cereais e frutas como maçãs, amoras, framboesas e mirtilos. Todos ajudam no controle dos níveis de insulina, melhoram a função hepática, e mantém os níveis de glicose no sangue. Comer uma xícara de qualquer destas bagas por dia ajuda a controlar a diabetes.

Reguladores de açúcar no sangue
Há toda uma gama de plantas com ação hipoglicemiante. Entre elas estão a alcachofra, cevada, couve, cenoura, alface, urtigas, aveia, ervilha, espinafre, batata doce e nabos.

Note que os alimentos vermelhos e alaranjados, como melancia, cenoura e melão estão na gama média-alta de índice glicêmico, então coma-os com proteínas ou os evite completamente.

Evite também alimentos brancos processados, como a batata, arroz branco, açúcar branco, doces e cereais doce, porque esses alimentos são ricos na escala glicêmico.

Maçãs podem regular os níveis de açúcar no sangue, porque elas contêm naturalmente compostos químicos conhecidos como flavonoides, alguns dos quais demonstram ter atividade antioxidante que inibe a ação dos radicais livres no organismo, ou mesmo elimina os radicais livres.

Bebidas
Água é essencial em qualquer processo de cura. A água fresca, filtrada é o melhor. Beba de seis a oito copos por dia. Tente não beber líquidos que contenham cafeína ou álcool, porque o café desidrata e o álcool, dependendo do tipo, pode ser rico em açúcares.

Ervas
Incorpore as maravilhosas ervas para realçar o sabor de seus alimentos, ajudando, ao mesmo tempo, a regular os níveis de açúcar no sangue: mirtilo, manjericão, cebolinha, canela, endro, feno-grego, alho, orégano, salsa, alecrim, estévia, tomilho e ginseng.

Como comer

O melhor plano de saúde é aquele que ajuda você a sentir o seu melhor. Experimente ativamente a sua dieta, verificando a freqüência e o tamanho das refeições, bem como com todos os aspectos do estilo de vida para reduzir a quantidade de insulina que você precisa tomar. Isto significa tomar muita responsabilidade para a sua saúde, um objetivo a ser alcançado.

Partilhe seus nutrientes ao longo do dia com três refeições principais e três lanches.

Coma pequenas porções em oposição a uma ou duas grandes refeições. Porções menores não só reduzem a glicose no sangue e concentrações de insulina, como também protege contra o desenvolvimento de hiperglicemia.

Embora a gente tenha um pouco mais de trabalho para comer direito nesta época do ano, para se obter uma boa saúde, vale à pena o esforço. Suas limitações de saúde podem, eventualmente, ser uma bênção de férias para a sua família, pois  podem representar o catalisador que mantém a união de todos, fazendo-os que melhorem ainda mais a própria saúde. E vocês ainda podem aprender juntos como cozinhar alimentos deliciosos e saudáveis.

 

Andrew Pacholyk, MS, L.Ac., trabalha no campo da saúde alternativa há mais de 18 anos. Ele é um especialista em medicina esportiva, infertilidade e ginecologia, controle da dor, e as terapias anti-envelhecimento. www.proacumed.com

 

http://www.theepochtimes.com/


Similar Posts

Topo