Alimentação é fator-chave para cuidar e prevenir o diabetes

Nutricionista consultora da Netfarma fala sobre medidas e reeducação alimentar para tratar e prevenir a doença. Em 14 de novembro comemora-se o Dia Mundial do Diabetes, e diversas regiões do Brasil já contam com campanhas e ações para conscientização e prevenção

Dados do Ministério da Saúde indicam que hoje há 13,5 milhões de brasileiros portadores de diabetes. Os sintomas do diabetes podem – e costumam – demorar para ser notados, e por isso, quanto maior a conscientização sobre a doença, mais fáceis serão o diagnóstico, tratamento e prevenção. Há mais de 20 anos o dia 14 de novembro é marcado como o Dia Mundial do Diabetes,  e ações e campanhas para conscientização e diagnóstico da doença são disseminadas por todo o mundo.

Segundo a nutricionista consultora da farmácia online Netfarma (www.netfarma.com.br), Dra. Karin Honorato, a alimentação é um dos fatores-chave para o tratamento – e em alguns casos, prevenção – do diabetes. “Cuidar da alimentação é fundamental para manter os níveis de glicemia equilibrados. O diabético deve passar, ainda que involuntariamente, por uma reeducação alimentar”, ela explica.

A primeira mudança a ser feita na alimentação, de acordo com a especialista consultora da Netfarma, é fracionar as refeições em cinco a seis ao dia, e evitar excessos de gordura, em especial a saturada, presente na carne animal e em alguns alimentos industrializados. “É recomendável que doces e açúcares refinados sejam dosados na dieta, pois elevam a absorção de insulina e a glicemia tende a aumentar até gerar um quadro de hiperglicemia”.

Também é importante não abusar dos carboidratos, como massas, batata e arroz, uma vez que após a digestão eles se transformam em açúcar. “Vale escolher a versão integral e colocar apenas um deles, e completar o prato com  proteínas, como uma carne grelhada, por exemplo, grãos e bastante folhas e vegetais”, ensina a nutricionista.

O diabético nunca deve se esquecer de consumir as verduras verde-escuras em quantidade caprichada, pois ajudam no controle do açúcar, são ricas em diversos nutrientes antioxidantes e anti-inflamatórios. Vale ainda ter cuidado com o excesso de frutas, pois também liberam açúcar. “É recomendável sempre que possível consumi-las acompanhadas de fibras como o amaranto, linhaça, chia ou gergelim para ajudar ainda mais neste controle glicêmico”, ensina Dra. Karin Honorato.

Cuidados e Prevenção – Além de fazer exames regulares para medir a glicose ou detectar algum problema, vale apostar nas atividades físicas. Praticar corrida, caminhadas, ciclismo ou outro exercício por trinta minutos, três vezes durante a semana, já ajuda a estimular a ação da insulina e reduz os níveis de açúcar no sangue. Para quem já é portador de diabetes, vale evitar o excesso de bebidas alcoólicas e o eliminar o tabaco.

Quem é diabético possui maior propensão à hipoglicemia, caracterizada pelos baixos níveis de açúcar no sangue, e por isso, antes de praticar exercícios físicos é importante verificar os níveis glicêmicos e se alimentar adequadamente. “Se a glicemia estiver muito baixa, é preferível optar pelos carboidratos, mas se estiver muito alta, deve-se fazer o contrário: evitar o carboidrato”, diz a nutricionista consultora da Netfarma.

Tipos de diabetes – O diabetes mellitus tipo 1 (DM1) é uma enfermidade autoimune que acontece quando o pâncreas deixa de produzir insulina em quantidades suficientes. A consequência é um acúmulo de açúcar no sangue (hiperglicemia), que acarreta complicações para o organismo. Uma vez que a doença demanda acompanhamento e monitoramento constantes, os monitores de glicose e tiras reagentes que servem para a mensuração e controle diário dos níveis de açúcar no sangue são importantes aliados dos diabéticos. A doença é mais comum em crianças e adolescentes, e os principais sintomas são o excesso de urina, sede e perda de peso. Já o diabetes tipo 2 (DM2) é relacionado à herança genética, obesidade e sedentarismo. Os mais acometidos pela doença são adultos acima dos 40.

 

http://www.segs.com.br/


Similar Posts

Topo