Conheça 5 tecnologias que ajudam no controle da diabetes

O consenso deste ano do Cleveland Clinic Medical Innovation Summit foi que a mudança no curso da epidemia de obesidade e diabetes exigirá um tremendo esforço visando a prevenção realizado pela indústria de alimentos, escolas, profissionais de saúde, dos consumidores e do setor de saúde. Concluiu-se também que essa virada irá demorar um pouco.

Empresas startups participaram em grande parte da cúpula deste ano como nunca visto anteriormente. Aqui estão algumas tecnologias para a prevenção, tratamento e melhoria da qualidade de vida das pessoas com obesidade e diabetes que mais me chamaram a atenção.

1. Dispositivo de armazenar células para transplantes do diabetes tipo 1

cellpouch_2O transplante de células das ilhotas, que produzem a insulina, tem estado em evidência já há algum tempo. No entanto, a escassez de doadores e a resposta do sistema imunológico às células do doador tem sido um desafio para a escalabilidade e comercialização. Sernova Corp desenvolveu uma bolsa para ser implantada sob a pele, no abdômen de uma pessoa com diabetes tipo 1, que atuaria como um ambiente natural e protegido para as células das ilhotas transplantadas. E também estão trabalhando num composto complementar que seria misturado com células doadas para as protegerem contra o ataque das demais células do sistema de defesa do organismo.

 

Toad-brace
Cinta anti-gravidade para pé

2. Cinta anti-gravidade para neuropatia diabética

Um pé quebrado se transformou em um grande negócio para o fundador do Sapo Medical. A empresa desenvolveu uma cinta de suspensão que descarrega o peso do pé para o tornozelo e permite que as pessoas permaneçam com mobilidade até poderem curar suas lesões nos pés. Cerca de metade dos seus clientes até agora têm sido pacientes diabéticos com úlceras nos pés.

3. Alvo hepático para insulina

Diasome Pharmaceuticals Inc. está desenvolvimento um sistema de aplicação de insulina baseado em nanotecnologia, que se diz  poder ser anexado a todas as formas comercialmente disponíveis de insulina e transportá-los para os hepatócitos, que são as células metabólicas primárias do fígado. Tem como alvo um NDA 2016 por sua tecnologia veículo hepatócito-dirigida, que foi testado em mais de 400 pacientes na fase 2 dos ensaios.

4. Sistema de “Colete Gástrico”

Onciomed está realizando testes clínicos de seu implante para tratamento de obesidade e diabetes em países fora os EUA durante um procedimento laparoscópico, o estômago é dobrado em si e o Sistema Vest gástrico é colocado em torno dele para que ele mantenha a forma de um canal para o intestino. Dessa forma, a comida passa através do estômago mais rapidamente, permitindo que os sinais de saciedade sejam enviados para o cérebro mais cedo.

É uma alternativa menos invasiva e reversível  a outras formas de cirurgia bariátrica, disse o Dr. Raj Nihalani, o inventor. A empresa fechou recentemente uma rodada da Série A e vai começar a comercialização na Europa pela primeira vez.

5. Aplicativo de imagens na retina para o monitoramento de glicose

Esta empresa não apresentou na cúpula, mas o CEO da IRISense foi participar e falou comigo sobre o aplicativo que sua empresa e a Universidade de Toledo estavam desenvolvendo para substituir as diversas picadas feitas diariamente no dedo por imagens projetadas na retina para monitorar os níveis de glicose no sangue . O objetivo é aumentar a conformidade dos testes e manter os níveis de glicose sob controle. (Ver vídeo abaixo)

 

http://medcitynews.com/


Similar Posts

Topo