Preta Gil sobre boa forma: ‘Nunca vou ser magra, não tenho biotipo’

Malhando no ‘Medida Certa’, cantora quer continuar sendo exemplo para as gordinhas do Brasil: ‘Vou continuar cheinha, mas com saúde’

Há um mês e meio participando do Medida Certa, no Fantástico, Preta Gil abriu o verbo sobre o seu envolvimento com o quadro. No Encontro desta quinta-feira, dia 16, ela revelou que se preocupou em perder a imagem de “gordinha bem resolvida e feliz” e deixar de ser um exemplo para as cheinhas do Brasil, mas decidiu aceitar o convite de Márcio Atala quando percebeu que seu objetivo não era perder peso.

Hoje, ela está recebendo muito mais elogios do que críticas: “51% da população brasileira está acima do peso. Eu me vi muito como uma mulher que pode motivar outras mulheres a se cuidarem. Tanto é que antes de eu aceitar, algumas pessoas disseram que eu e seria criticada porque sempre levantei a bandeira de que eu me aceitava, diziam que as gordinhas iam se sentir traídas. E eu falo que eu nunca vou ficar magra, isso não é do meu biotipo. Foi isso o que eu quis mudar nas mulheres que se identificam comigo: eu vou continuar cheinha, mas com saúde”.

Preta contou que não é mole mudar seus hábitos diante dos olhos do Brasil inteiro, mas disse que foi convencida por Atala a entrar no programa quando ele explicou que os exercícios diminuiriam a sua dor no joelho. “Eu tinha uma vida sedentária apesar de ser uma mulher muito ativa no palco. Uma coisa muito interessante que o Atala falou para me convencer a fazer do programa foi justamente o problema do meu joelho, que eu operei duas vezes o menisco. Eu estava sofrendo de muita dor nos shows e ele falava: “Preta, você é uma atleta, você faz quatro shows por semana, mas você é uma atleta que não treina. Uma atleta para entrar em campo, tem que treinar, tem que se preparar fisicamente’”, explicou ela.

“O médico disse que eu tinha um organismo de uma mulher de 80 anos. Ou seja, minha avó está melhor do que eu, ela está sambando na minha cara.”

Animada com os exercícios e a vida mais saudável, Preta está mais preocupada em diminuir o percentual de gordura, aumentar a massa magra e só pensa nos benefícios que o Medida Certa está trazendo para sua rotina: “Ganhar massa muscular é o que vai me fazer ter mais qualidade de vida. Eu estava tendo uma vida sem autonomia, já saia do palco com gelo e mancando. Aí eu ia para uma festa e não podia dançar. Como eu, Preta Maria, não vou dançar? No primeiro dia, o médico disse que eu tinha um organismo de uma mulher de 80 anos. Ou seja, minha avó está melhor do que eu, ela está sambando na minha cara. E as médicas disseram que eu tinha uma perspectiva de vida de mais 15 anos. Imagina eu bater as botas com 55 anos? Com essa idade, eu vou estar no auge. Vi que tinha que reverter isso”, desabafou.

Além do joelho, Preta estava com os exames desregulados: “Eu estava em uma situação crítica, tinha uma síndrome metabólica generalizada. Estava com problema de triglicerídeo, colesterol e uma pré-diabetes. Eu já sabia antes de entrar no programa, mas eu tinha uma preguiça, que é uma coisa que muita gente tem porque não acredita que pode vir a ter uma coisa mais grave.Eu não tinha essa consciência, não levava a sério, mas caiu a minha ficha e agora a minha vida mudou”.

Feliz com os resultados que tem conquistado no quadro, a cantora comemora o fim da dor no joelho: “Hoje eu estou de sapato alto. Já faço muito mais coisas de salto, o que era impossível”.

 

http://tvg.globo.com/


Similar Posts

Topo