Conheça os tipos, vantagens e desvantagens do acúçar e adoçante

Pode parecer uma simples questão de preferência, mas a escolha vai muito além do sabor e da quantidade de calorias

Há os que abominam açúcar, outros não suportam o gosto de adoçante. Pode parecer uma simples questão de preferência, mas a escolha vai muito além do sabor e da quantidade de calorias. Os diabéticos, por exemplo, não devem consumir açúcar, enquanto as gestantes só podem ingerir adoçantes à base de sucralose e stevia.

Para que o uso das substâncias responsáveis pelo sabor doce não ofereça riscos à saúde, a coordenadora do curso de nutrição da Universidade Anhembi Morumbi, em São Paulo, Avany Bon reúne informações e mostra quais as vantagens e desvantagens de cada uma. Leve o guia com você para o supermercado e faça uma compra mais consciente.

Tipos de adoçantes

» Sucralose

Derivado do açúcar, não contém calorias e é eliminado totalmente pela urina em 24 horas. Atualmente, é a melhor opção de adoçante por não ter sabor residual nem apresentar restrições de uso. Serve como adoçante de mesa e em preparações culinárias.

» Ciclamato de sódio e sacarina sódica

Geralmente está combinado com outro adoçante sintético. Apesar de deixar sabor residual, é uma boa opção para adoçar os alimentos, pois não contém calorias. Não deve ser consumido por hipertensos.

» Aspartame

Contém três calorias por envelope. Usado apenas como adoçante de mesa, pois perde seu poder de adoçar em altas temperaturas. Não deve ser usado por indivíduos com fenilcetonúria (doença metabólica rara que pode causar retardo mental irreversível), bem como crianças e gestantes.

» Stévia

Natural e sem calorias, mas deixa sabor residual. Não apresenta restrições de uso.

Tipos de açúcares

» Sacarose

Açúcar comum, refinado, granulado ou de confeiteiro. Uma colher de sopa contém 60 calorias. Não deve ser usado por indivíduos com diabetes, obesidade e taxas altas de triglicérides.

» Mel

Constituído em sua maioria por açúcares simples, contém 52 calorias em uma colher de sopa. Não deve ser usado por diabéticos e obesos nem por crianças menores de um ano.

» Açúcar mascavo

Obtido diretamente da concentração do caldo de cana recém-extraído. Não deve ser consumido por quem tem glicose e taxa de triglicérides altas. Em uma colher de sopa há 54 calorias.

» Açúcar orgânico

É chamado assim porque não utiliza ingredientes artificiais, mas também deve ser evitado por diabéticos e obesos. Calorias em uma colher de sopa: 60.

» Frutose

Extraído de frutas e mel, tem poder adoçante maior que a sacarose, portanto deve ser usado em menor quantidade. Uma colher de chá contém 20 calorias. O consumo deve ser controlado por indivíduos com diabetes, obesidade e com taxas altas de triglicérides.

» Açúcar + adoçante

Formado pela mistura de sacarose e aspartame ou sucralose. É contraindicado para indivíduos com diabetes, fenilcetonúria e taxas altas de triglicérides, bem como crianças e gestantes. Em um envelope há 4 calorias, enquanto uma colher de café contém 10 calorias.

 

http://sites.uai.com.br/


Similar Posts

Topo