Roche decide não vender unidade de dispositivos para diabetes

A farmacêutica suíça Roche Holding AG decidiu não vender seu negócio de medidores de glicose, de acordo com duas pessoas familiarizadas com o assunto.

Pelo menos uma outra grande farmacêutica – Bayer AG, também descartou planos para vender sua unidade de dispositivos para diabetes ainda este ano.

Nos últimos meses, a Roche analisou a venda do negócio uma vez que a indústria enfrentou um aumento da concorrência além da obtenção de taxas de reembolso menores a partir de programas de saúde do governo dos EUA, disseram pessoas familiarizadas com o assunto à Reuters em maio último.

No entanto, a pressão para o reembolso dos suprimentos nos testes de diabetes diminuíram as chances de um processo de venda competitivo, deixando à Roche poucas escolhas senão manter o negócio, de acordo com uma das pessoas que falaram à Reuters esta semana.

O informante quis manter o anonimato, porque ele não está autorizado a falar com a imprensa. A Roche não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

Bayer, maior farmacêutica da Alemanha, tentou vender seu negócio de medidores de glicose por cerca de US $ 1,5 bilhão, no início deste ano antes que a queda nos lucros não despertasse mais interesse suficiente.

O mercado de dispositivos para diabetes ficou sob pressão no início deste ano após os Centros dos EUA para os serviços de Assistência e Cuidados Médicos terem cortado o reembolso de suprimentos dos dispositivos para diabetes em até 72 por cento.

A mudança, que entrou em vigor em julho, torna mais difícil para as empresas continuarem rentáveis neste tipo de negócio.

 

http://in.reuters.com/


Similar Posts

Topo